Diante do fato racista ocorrido no Diretório Acadêmico do Curso de Direito, no dia 14 de setembro de 2017, o Núcleo de Ações Afirmativas Sociais, Étnico- Raciais e Indígenas/CAED-UFSM, se solidariza com os acadêmicos negros do Curso de Direito e com todos os acadêmicos pretos e pardos dessa instituição dizendo-lhes que o Núcleo de Ações Afirmativas vem trabalhando intensamente para consolidar na UFSM um espaço acadêmico de respeito, de valorização das diferenças e de diálogo intercultural. Estamos junto com todos os acadêmicos que acreditam que é possível vencer o preconceito, o racismo, a xenofobia, a homofobia, lgbtfobia, entre outras formas de preconceito.

Para tanto, o Núcleo de Ações Afirmativas Sociais, Étnico-Raciais e Indígenas realizará nesta quarta-feira dia 27 de setembro, das 17h às 19h, no auditório da Multiweb no prédio 67 na UFSM/Campus, uma roda de conversa com o objetivo de discutir com os estudantes pretos e pardos as diversas formas de racismo enfrentadas atualmente.

Contamos com a sua presença para esse importante debate de enfrentamento ao racismo.


Facebook