Normas da Biblioteca

– A consulta local é aberta a toda comunidade com livre acesso às estantes.
– A consulta ao catálogo é feita através de terminais de computadores.
– Os usuários não podem ingressar na biblioteca portando bolsas, sacolas, pastas, fichários e mochilas; tais objetos devem ser colocados nos guarda-volumes situados na entrada da biblioteca.
– Os usuários não podem sair da biblioteca com as chaves dos guarda-volumes.
– A perda da chave acarretará taxa de reposição da mesma.
– É proibido fumar.
– O uso do celular somente é permitido se estiver no silencioso e se a conversa for discreta, rápida e em tom de voz baixo.
– É proibida a reprodução de livros por inteiro (Lei 9610/98 Lei de Direitos Autorais).
– Os livros falados são emprestados exclusivamente para deficientes visuais vinculados à universidade.
– A leitura dos jornais deve ser feita no lugar reservado para este fim, para que mais usuários possam usufruir deste serviço.
– É vedado o empréstimo domiciliar de obras de referência (enciclopédias, dicionários, bibliografias, anais, apostilas, catálogos, atlas, mapas e globo) e coleções especiais, exceto os dicionários, nos dias de provas de suficiência em línguas para usuários com vínculo na universidade.
– É vedado alterar as configurações dos computadores e/ou programas, bem como instalar qualquer tipo de software.
– É vedado consultar sites de conteúdo impróprio, ofensivo, discriminatório e similares.
– É proibido o consumo de alimentos e bebidas próximo ao acervo.
– Quando necessário o conserto de uma obra, comunique o problema no momento da devolução.
Não sublinhar o texto dos livros, mesmo que a lápis. As anotações importantes para uns podem não ser importantes para outros usuários, evitar a poluição visual.
– É proibido fazer apontamentos nas mesas.
– É vedado colocar os pés sobre as cadeiras, mesas e sobre os sofás.