A partir desta segunda semana de maio a Companhia Tem Gente Teatrando, de Caxias do Sul, inicia a circulação do espetáculo “O Torto e Seu Duplo”, contemplado pelo FINANCIARTE 2015 na categoria de circulação de espetáculo. Caxias do Sul, Santa Maria, Montenegro, Pelotas e Passo Fundo são as cidades que receberão o monólogo de Zica Stockmans nos meses de maio e junho.

 

No dia 19 de maio o espetáculo chega a Santa Maria,

onde fará uma apresentação no Teatro Caixa Preta.

A entrada é franca é a sessão inicia às 20h.

 

O espetáculo é o resultado cênico de uma investigação que teve início em 2008, por Zica Stockmans, dentro do curso de Pós-graduação em Corpo e Cultura: Ensino e Criação, da Universidade de Caxias do Sul. O Abjeto Como Porta Para o Jogo Cênico foi o primeiro mote para o estudo, que evoluiu para outras questões como o limite entre a sanidade e a loucura, entre a monstruosidade e a humanidade e suas relações com a identidade. Para tanto foi feita uma pesquisa de campo junto a uma figura icônica, que gera desordem ao mesmo tempo em que mobiliza os afetos de toda uma cidade. Uma moça que defende a rua como seu espaço de liberdade, que apanha, apronta, foge, ri, faz pose para foto, sangra, é capa de jornal. Com esta “diva do lixo”, este quase monstro, este doce e temido torto é que a atriz passou horas de conversas, histórias gravadas e cachorros-quentes no meio fio. Este material, permeado de reflexões e debates com profissionais de teatro e outras áreas, compuseram a dramaturgia, que segue em processo até hoje. 

 

Sinopse:

A inspiração para a personagem é mais do que palpável: perambula pelas ruas suja, senil, dopada, sexo exposto, primitiva e pós-humana, aos pedaços tal qual a alma humana em tempos de esperanças vagas. Esta investigação cênica aborda questões em torno do corpo que atua, do corpo social e do corpo cultural. No texto, as palavras foram acomodadas como cacos de um espelho esfacelado, grudados com fita adesiva. As falas da moradora de rua e reflexões da autora vão formando uma imagem refletida, repetida, incômoda.

 

FlyerVirtual 02