Hoje, dia 5 de setembro, às 17h, acontece a abertura da exposição "Terra", de Muriel Paraboni. A mostra foi selecionada no Edital 013/2015 para ocupação da Sala Cláudio Carriconde, no Centro de Artes e Letras - CAL, e reúne um conjunto de obras significativas das diversas mídias que vem fazendo parte da poética do artista nos últimos anos: vídeo, fotografia, pintura, objeto, poesia, instalação.

 

Tendo participado de 14 mostras coletivas desde 2012, em cidades como Porto Alegre, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Santa Maria e Santa Cruz, "Terra" é a primeira exposição individual do artista, que também é pesquisador em poéticas visuais, mestrando em artes pelo Programa de Pós-Graduação da UFSM. "A proposta é trazer tanto obras já realizadas e inéditas como outras em processo, desenvolvidas especialmente para a exposição", explica Muriel.

 

"Terra" é o núcleo conceitual da mostra, ligando os primeiros movimentos do artista aos seus projetos atuais. "A terra surge aqui como tempo e lugar, como imagem e cor, como movimento e repouso", define. "O objetivo é deflagrar experiências, provocar reflexões sobre aquilo que nos conforma como parte dos ciclos geológicos do mundo". O período de visitação vai até 18 de setembro, se segunda à sexta, das 9h às 17h.

 

divulgaexpo