O grupo de pesquisa Arte Impressa (CNPq/CAL/UFSM) lança a exposição "Livros Arte e Bibliotecas do Século XXI" dia 18 de abril, às 18h30min, na Biblioteca Municipal de Santa Maria/RS. Com curadoria das professoras Helga Corrêa e Bianca Knaak, a mostra reúne livros-arte que dialogam com o espaço da biblioteca e nos provocam a reflexão sobre o resgate da tradição do livroFazem parte da exposição os trabalhos de Abrahão Quadros, Antonio Junior, Aracy Colvero, Bianca Knaak, Bruna Berger, Carolina PK, Denise Moro, Edineia Peres, Helga Corrêa, Jane Andiara Soares Zofoli, Kelly Júlia Pfüller, Laura Lena, Marcos Souto, Raone Somavilla, Stéfani Agostini e Viviane Tybusch
 
Já às 19 horas, no mesmo local, acontecerá a performance "Virando a página", realizada pelo grupo de pesquisa Performances Arte e Cultura e do Laboratório de Performances Arte e Cultura, com curadoria e direção da professora Gisela Reis Biancalana, da UFSM. Participam da performance: Camila Matzenauer dos Santos, Lainon William Ribeiro da Costa, Marcella Nunes Rodrigues, Paula Bianca Brum Campos, Gisela Reis Biancalana e Mateus Scota.
 
O que: exposição Livros Arte e Bibliotecas do Século XXI e performance Virando a página.
Quando: lançamento dia 18 de abril, às 18h30min. A mostra vai até o dia 27 de abril. 
Onde: Biblioteca Municipal de Santa Maria, Avenida Presidente Vargas, nº 1300, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
Quanto: de graça
 
Para mais informações sobre o grupo de pesquisa Arte Impressa, visite o site grupoarteimpressa.wordpress.com.
 
Sobre a mostra:
Das artes e do prazer das bibliotecas adentrando o século XXI
Por Bianca Knaak, pesquisadora do Grupo Arte Impressa (UFSM) e professora de História, Teoria e Crítica da Arte da UFRGS.
 
No Brasil, o acervo de uma biblioteca demonstra a cultura de seus usuários. Isso porque o acervo colecionado por uma biblioteca, bem como seus necessários cuidados com a manutenção, ordenação, catalogação, disponibilização, atualização e manuseio de seus itens só se completa com a efetiva procura e acesso a esse patrimôminio cultural que tanto pode ser mantido pela iniciativa privada, quanto por instituições públicas. Ou seja: sem um usuário, a coleção se perde em seu objetivo fim e se aquieta com um arquivo morto num quarto de despejos. 
 
Poderíamos dizer que a dinâmica operacional é a mesma para os objetos artísticos: o que os olhos não veem, o coração não sente. Ninguém vê, ninguém faz. A alma não sonha e o pensamento não voa... No entanto, institucionalmente, sabe-se que existem hoje mais bibliotecas do que acervos artísticos abertos ao público. E é isso que move os artistas do grupo Arte Impressa da UFSM a apresentarem as suas obras, seus livros de artista, seus livros-objeto, numa biblioteca pública municipal. 
 
Quando tanta informação letrada e visual nos chega através de diferentes plataformas midiáticas, digitais, eletrônicas, virtuais, adentrar uma caixa de alvenaria que alberga, empresta e conserva livros é, também, propor, em tempos acelerados e cibernéticos, uma experiência sensorial tão extravagante quanto exploratória.
 
 
Ficha técnica:
Curadoria: Helga Corrêa (UFSM) e Bianca Knaak (UFRGS).
Assessoria de curadoria: Abrahão Quadros e Aracy Colvero.
Produção gráfica: Abrahão Quadros.
Assessoria técnica: Raone Somavilla.
Organização: Helga Corrêa, Bruna Berger e Jane Andiara Soares Zofoli.
 
Grupo de pesquisa Performances Arte e Cultura
Performance Virando a página. Coreografia e direção: Gisela Reis Biancalana (UFSM.
Performers: Camila Matzenauer dos Santos, Lainon William Ribeiro da Costa, Marcella Nunes Rodrigues, Paula Bianca Brum Campos, Gisela Reis Biancalana.
 
Laboratório de Performances Arte e Cultura.
Performance: Mateus Scota.
 
Realização:
Grupo de pesquisa CNPq Arte Impressa
Apoio: Departamento de Artes Visuais, Centro de Artes e Letras da UFSM e Universidade Federal de Santa Maria