O projeto "Leitura e avaliação de textos: etapas para a formação inicial de professores de produção textual", da Profa. Dra. Cristiane Fuzer, docente do Departamento de Letras Vernáculas e atual coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras, venceu o Prêmio Professor Rubens Murillo Marques 2017. 
 
Em sua sétima edição, o Prêmio é uma iniciativa da Fundação Carlos Chagas para valorizar experiências educativas inovadoras propostas por professores de Licenciatura que visam à formação de professores para a educação básica. Nesta edição, foram avaliados 115 trabalhos desenvolvidos por docentes de diversas instituições universitárias das cinco regiões do Brasil. 
 
O primeiro trabalho premiado, desenvolvido pela Profa. Cristiane desde 2010 como disciplina complementar de graduação criada  para os cursos de licenciatura em Letras na UFSM, consiste em um conjunto de atividades que aliam teoria e prática por meio de experiências de interação real via textos envolvendo graduandos de Letras, professor formadora, professor em serviço e alunos da educação básica. 
 
A cerimônia de premiação ocorreu no dia 17/11/2017, em São Paulo, e contou com a participação da diretoria da Fundação Carlos Chaves, com representantes da comissão avaliadora, os premiados e demais convidados.
 
O segundo professor formador premiado foi Marcos Garcia Neira (USP), sobre Educação Física cultura. Outros três professores cujos projetos receberam Menção Honrosa foram Luciana de Lima (UFC), sobre Tecnodocência; Paloma Alinne Alves Rodrigues Ruas (UFItajubá), sobre práticas inclusivas no ensino de Ciências, e Sônia Bessa da Costa Nicacio Silva (UEG), sobre metodologia da problematização na Pedagogia.
 
Os textos dos trabalhos premiados estão publicados no v. 53 da coletânea TEXTOS FCC, disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/textosfcc/issue/view/341/showToc
 
____________________________________
TEXTO: DIVULGAÇÃO