Portal do Governo Brasileiro

Núcleo de Tecnologia Educacional reestrutura e amplia oferta de serviços

Setor oferece suporte para o uso de tecnologias educacionais em rede e educação a distância na UFSM

 O Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) da UFSM vem passando por um processo de reestruturação e ampliação dos serviços ofertados à comunidade acadêmica e regional. As melhorias, planejadas e desenvolvidas com a colaboração do Gabinete do Reitor e diferentes Pró-Reitorias, tem como objetivo qualificar a ação do Núcleo, ampliando sua atuação junto a seus públicos internos e externos à Universidade.

O NTE se caracteriza como um agente de inovação, oferecendo apoio à comunidade no uso das tecnologias educacionais nas mais diversas atividades desenvolvidas pela UFSM, além da oferta de cursos a distância de Graduação e Pós-Graduação, por meio Projeto Universidade Aberta do Brasil (UAB). Entre as principais áreas da atuação, destaca-se o suporte ao ensino presencial e a distância; a produção de materiais didáticos impressos e digitais; a produção de vídeo aulas e outros objetos interativos; a promoção de cursos de capacitação para o uso das tecnologias educacionais; além do suporte ao ambiente virtual de aprendizagem da UFSM, o popular Moodle. Atualmente o NTE oferece 26 cursos na modalidade a distância e 16 cursos de capacitação.

Entre as novidades anunciadas pelo NTE está a institucionalização colaborativa e integrada da EaD na UFSM em parceria com os órgãos de fomento e a regulamentação do Ensino a Distância na Universidade em consonância com a Legislação Nacional, a partir da elaboração de uma resolução própria para a UFSM. Também será aberto em breve um edital para a seleção de coordenadores de curso, coordenadores de tutoria, professores, tutores e equipe multidisciplinar, atendendo a determinações legais. Até então, somente os tutores eram selecionados mediante edital.

O diretor do NTE, professor Paulo Roberto Colusso, e o coordenador do Projeto UAB na UFSM, professor Reisoli Bender Filho, destacam também a ampliação das equipes de comunicação, que vem reforçando as ações de divulgação e interação com os públicos atendidos pelo Núcleo, principalmente por meio das redes sociais, bem como a expansão e melhoria na integração da UFSM com seus Polos. Atualmente a Universidade mantém 40 Polos distribuídos por todo o Estado. “Temos estimulado nossos professores e tutores a visitarem os Polos e promoverem atividades presenciais e práticas. Dessa forma qualificamos o processo de ensino a distância e reforçamos a atuação da UFSM nessas localidades”, explica Colusso.

Outra ação do Núcleo é o aperfeiçoamento constante das tecnologias desenvolvidas e ofertadas à comunidade. Exemplos dessas inovações são o NTE Tube (https://ntetube.nte.ufsm.br/), um repositório virtual que reúne todos os vídeos produzidos pelo Núcleo, permitindo a busca por materiais audiovisuais institucionais, e a remodelação do Moodle, que se tornou mais dinâmico e amigável, facilitando o acesso para professores e estudantes. Uma nova estrutura para gravação de vídeos também é comemorada pelos gestores do NTE, que passam a contar com um suporte maior e qualificado para a produção de materiais audiovisuais.

Para Colusso, o NTE está em contínuo crescimento na UFSM e vem recebendo cada vez mais o reconhecimento da comunidade acadêmica. Ele lembra que o Núcleo oferece suporte tecnológico para diversos cursos, projetos e setores da Universidade, colaborando também em eventos e campanhas. Bender Filho observa que é crescente a busca, por parte dos professores, dos serviços do NTE, principalmente para o desenvolvimento de conteúdos e materiais inovadores, capazes de estimular os estudantes. 

                                                 marca site