Informações Gerais

Programa vincula projetos de extensão universitária fundamentados em teoria psicanalítica. Tal vinculação permite a criação de um conjunto de ações voltado a questões relativas ao que se considera como psíquico a partir da obra de S. Freud. A extensão universitária caracteriza este Programa pela promoção de tais questões, ou seja, de interrogações relevantes, importantes e atuais acerca do psíquico para as quais ainda não se encontra resposta no âmbito da teorização em psicanálise. No contexto universitário, a falta de resposta às interrogações acima mencionadas atrela esse conjunto de ações à pesquisa - pela delimitação de novos problemas - e ao ensino - pela consequente reformulação de teorizações em psicanálise a serem questionadas.

A conjunção destas ações favorece a ampliação das possibilidades e do alcance de cada uma delas, na medida em que pode viabilizar o acesso a recursos disponibilizados e contar com resultados obtidos em conjunto. Essa reunião de esforços no âmbito da psicanálise atende à necessidade de avançar no conhecimento psicossocial, a expectativas da comunidade quanto à atividade desenvolvida na clínica psicológica e aos compromissos sociais da universidade pública.

Desde os primórdios da psicologia, a clínica tem sido um ramo de atividade permanente e uma fonte inesgotável de questionamentos à teoria. Ela dedica-se ao mal-estar ocasionado nas pessoas pela cultura vigente em sua época. O foco da atividade nela desenvolvida situa-se no atendimento e eventual tratamento psicológicos. A psicanálise apresenta fundamentos para concepção das bases sobre as quais se propõe esta atividade que podem e precisam ser ampliados. A proposta deste Programa consiste em verificar estes fundamentos e promover a sua ampliação para potencializar o alcance das ações na clínica de psicologia. Os estudos e as intervenções vinculados neste Programa atendem a necessidades advindas do exercício cotidiano desta clínica.

 

 

Multiweb/CPD 2012.