Portal do Governo Brasileiro

A homenagem “Mérito Niederauer” recebida pelo Centro de Tecnologia (CT) é motivo de grande orgulho e gratidão. Foram diplomados na última quarta-feira (12) o diretor do CT Luciano Schuch e a professora do Departamento de Eletrônica e Computação Nilza Zampieri.

A solenidade foi realizada no Quartel General da Brigada Niederauer e fez parte dos eventos alusivos às comemorações do 190º aniversário de nascimento do Coronel João Niederauer Sobrinho - Patrono da Brigada Niederauer e do 68º aniversário de criação da 6ª Brigada de Infantaria Blindada. As comemorações iniciaram-se no dia 31 de março e estenderam-se até 12 de abril, quando ocorreu a solenidade que homenageou cerca de 20 pessoas, dentre elas os professores e o reitor da UFSM, professor Paulo Burmann.

Para o CT, em especial, o reconhecimento de instituições ligadas ao Ministério da Defesa é marcante devido aos projetos conjuntos que têm sido desenvolvidos. “A Universidade está se abrindo cada vez mais para a sociedade, incluindo desde os movimentos sociais, às empresas e às Forças Armadas. Existem diversos projetos no Centro de Tecnologia que contribuem para o desenvolvimento de ambos os órgãos federais e da tecnologia a nível nacional, tais como o incentivo aos alunos realizarem estágios e estudos no Exército.”, afirma Schuch.

Por ser o principal incentivador da parceria entre o CT e a Brigada Niederauer, agradece-se especialmente ao General de Brigada Giovany Carrião de Freitas - Comandante da 6ª Brigada de Infantaria Blindada - pelo convite.

diploma

Sobre o diploma “Mérito Niederauer”

Nascido em 4 de abril de 1827, Cel João Niederauer Sobrinho  foi um dos grandes heróis brasileiros da Guerra do Paraguai, onde comandou a 3ª Brigada de Cavalaria e depois a 2ª Divisão de Cavalaria, à frente da qual tombou mortalmente ferido na Batalha do Avaí. Paradigma do cidadão-soldado, foi escolhido Patrono da Brigada pelos exemplos que legou de dedicação, coragem e amor ao Brasil. O Diploma Mérito Niederauer homenageia personalidades civis que tenham prestado relevantes serviços à 6ª Brigada de Infantaria Blindada e militares que tenham se destacado pelo trabalho de integração da Brigada e de suas Organizações Militares Orgânicas com as comunidades em que estão inseridas.

 

Texto por Viviane Badke e Isadora Severo, acadêmica de Relações Públicas. - Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.