Nova versão do pacote febr para R

Por Matheus Ferreira Ramos | 13-11-2018

O segundo semestre do ano de 2018 foi um período de grandes mudanças no Repositório Brasileiro Livre para Dados Abertos do Solo (febr). Alteramos o mapa de visualização dos dados, a equipe cresceu e agora conta com nove integrantes para auxiliar na manutenção do repositório e validação dos dados do solos dos estados do Paraná, São Paulo e Goiás. Isso traz mais confiabilidade para os dados disponíveis no febr. Agora, na reta final do ano, em celebração ao Dia Mundial do Solo, febr traz um nova versão do pacote febr para o R.

Instalação

O pacote febr foi criado para facilitar o acesso aos dados dos conjuntos de dados publicados no febr. Ele pode ser descarregado do CRAN da seguinte maneira:

install.packages(pkgs = "febr")

Já a versão de desenvolvimento, disponível no GitHub, pode ser instalada – usando o pacote devtools – da seguinte maneira:

if (!require(devtools)) {
  install.packages(pkgs = "devtools")
}
devtools::install_github(repo = "febr-team/febr-package")

Utilização básica

O pacote febr possui cinco funções para descarregamento de dados:

  1. dataset, para descarregar os dados sobre um ou mais conjuntos de dados;
  2. observation, para descarregar os dados das observações do solo de um ou mais conjuntos de dados;
  3. layer, para descarregar os dados das camadas das observações do solo de um ou mais conjuntos de dados;
  4. metadata, para descarregar os dados sobre os dados de um ou mais conjuntos de dados;
  5. febr, para descarregar todos os dados e metadados de um único conjunto de dados.

O principal argumento dessas cinco funções é dataset. Para esse argumento é passado o código de identificação de um ou mais conjuntos de dados publicados no febr. Isso descarrega os dados da tabela de dados indicada pela função escolhida. Por exemplo,

observation(dataset = "ctb0003")

descarrega os dados das observações do solo do conjunto de dados ctb0003. O código de identificação de todos os conjuntos de dados publicados no febr estão catalogados em http://www.ufsm.br/febr/catalog/.

No caso das funções observation, layer e febr, o segundo principal argumento é variable. Para esse argumento é passado o código de identificação da(s) variável(is) cujos dados devem ser retornados pela função escolhida. Por exemplo,

layers(dataset = "ctb0003", variable = "argila")

retorna os dados da variável argila do conjunto de dados ctb0003. O código de identificação de todas as variáveis contidas nos conjuntos de dados publicados no febr estão catalogados em https://goo.gl/hi77sB.

Como colaborar

Nós usamos o modelo de desenvolvimento colaborativo fork & pull. Isso significa que você tem liberdade para fazer um cópia paralela – fork – do repositório do pacote febr no GitHub, alterar o código fonte conforme julgar necessário e depois empurrar – push – as alterações para a sua cópia pessoal do repositório. Isso tudo sem que seja necessário pedir qualquer autorização. Caso as alterações que você realizou na sua cópia pessoal do repositório sejam interessantes e você tem interesse em compartilhar as mesmas conosco, então basta solicitar que sejam puxadas – pull request – para o repositório no GitHub. Depois de uma revisão das alterações, nós decidiremos se elas podem ser fundidas – merge – com o código fonte do pacote febr.

comments powered by Disqus