Portal do Governo Brasileiro

Livro de professor do CT é premiado no 59º Jabuti

Professor Eric Brandão segurando o livro "Acústica de Salas", do qual ele é autor.O livro “Acústica de Salas” do professor do Departamento de Estruturas de Engenharia Civil, Eric Brandão, conquistou o 2º lugar na categoria “Engenharias, Tecnologias e Informática” no 59º Prêmio Jabuti. A obra foi lançada no ano passado, pela editora Blutcher, e teve revisão técnica do prof. William Fonseca.

O Jabuti é o mais importante prêmio literário do Brasil. Desde a primeira edição, ele foi se aprimorando e, ao longo dos anos, foi ganhando amplitude. Hoje contempla desde romances até livros didáticos. Em cada categoria, são premiadas as três obras que receberem a maior pontuação do júri, composto por especialistas indicados pelo mercado editorial e validados pelo Conselho Curador do Prêmio. Os vencedores foram escolhidos entre mais de 2.346 obras inscritas este ano.

Premiado após a apuração dos vencedores, que aconteceu no dia 31 de outubro, o livro do professor Eric aborda os princípios para a modelagem e caracterização da propagação do som em ambientes, bem como os fundamentos para o desenvolvimento de projetos de recintos com uma qualidade acústica adequada. A obra é destinada a professores, alunos e profissionais que atuam na projeção de ambientes, como os engenheiros acústicos, engenheiros civis, arquitetos, físicos e técnicos de áudio, bem como para pessoas que almejam um bom entendimento sobre o tema. A cerimônia de entrega do Jabuti acontecerá no dia 30 de novembro.

O professor Eric falou sobre sua surpresa e orgulho ao receber o prêmio: “Eu nunca imaginei que fosse ganhar um prêmio de projeção nacional. Não por achar que não tinha capacidade, mas por achar que o público-alvo da minha área é relativamente pequeno. Assim, acho que o prêmio também é um bom indicativo para a área de engenharia acústica no Brasil.”

Para o professor Eric, a UFSM tem muitos autores capacitados a serem reconhecidos por seus trabalhos:

“Eu acho que os professores da UFSM devem acreditar no seu potencial independentemente de alguém ser reconhecido com um prêmio como este. Acho que todos os meus colegas são tão capazes quanto eu. Não me julgo diferente neste sentido. Muitos dos meus colegas têm ótimos livros (em suas respectivas áreas), publicações em periódicos de altíssimo impacto e muitas outras coisas no currículo.”

Ele ainda agradeceu aos colegas que o ajudaram no desenvolvimento de sua obra: “Embora eu seja o único autor do livro, eu recebi muita ajuda para fazê-lo. Alunos contribuíram com algumas medições, recebi fotos e detalhes de projetos de empresas do Brasil e exterior, colegas ajudaram com alguns cálculos computacionais e em destaque a ajuda do prof. Dr. William Fonseca, que fez a revisão técnica do livro e deu uma ajuda mais que substancial para o livro sair como saiu.”

Devido a falta de tempo, o professor Eric não pretende lançar novas publicações em um futuro próximo: “Até tenho o assunto em mente e uma apostila, desenvolvida para uma disciplina, relativamente bem encaminhada. Mas um livro requer um nível de refino bastante avançado. Assim, no momento atual estou mais focado na pesquisa e publicar o que temos descoberto, dentro do time da Engenharia Acústica, nos periódicos de nossa área.” Enquanto isso, você pode adquirir a obra “Acústica de Salas” pelo site da Blucher.

 

Texto por Lucas Gutierres, acadêmico de Jornalismo. - Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.