Portal do Governo Brasileiro

Na última sexta-feira (23) os organizadores do evento “Workshop: Perspectivas da Engenharia Elétrica na Pós-Graduação e Setor Empresarial” foram surpreendidos com a quantidade de alunos e professores que estiveram prestigiando a programação que começou às 14h e contou com palestras e painel de discussão. O professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Daniel Pinheiro Bernardon, conta que “a proposta era fazer um evento de encerramento de semestre, foi um primeiro evento assim nesse formato contando com a parte acadêmica e a parte empresarial. Dessa forma a gente acabou fechando um ciclo, acho que ficou bem interessante.”.

Ao falar sobre as perspectivas da Engenharia Elétrica na pós-graduação o professor convidado Alexandre Bazanella (UFRGS) destacou o grau de maturidade da área e a relevância internacional de nossas produções. Ele aposta que ainda temos muito a evoluir mas já percebe também que “a engenharia elétrica tem uma produção que é mais relevante a nível internacional do que a média das outras áreas, então é uma área de muita visibilidade e muito futuro”.

Quanto às perspectivas no setor empresarial, o diretor Júlio Hofer (CEEE-D) trouxe a reflexão sobre a diferença entre formação técnica e formação profissional para reconhecer a importância da aproximação entre as duas áreas.

“Quando a gente fala em formação técnica, basicamente a gente fala em estudo, esforço individual, entendimento das matérias. Mas quando a gente fala em formação profissional, você precisa integrar o teu conhecimento acadêmico com o que o mercado vai te exigir depois que você se formar. Então esses eventos são ricos por esse motivo: quem está se formando tem uma visão de quem já está no mercado e permite que exista essa troca de informação, de aprendizado mútuo que qualifica as duas partes. A experiência que a gente consegue transmitir também vem com o conhecimento que a gente adquire nessa relação.”

Para encerrar a programação um painel de discussão foi moderado pelo professor Tiago Marchesan (Agittec). Dele participaram o professor José Renes (IEEE UFSM), professor Hélio Hey (INCT-GD) e os palestrantes Alexandre Bazanella (UFRGS) e Júlio Hofer (CEEE-D). “Foi uma grata surpresa a gente ver toda a participação dos alunos, teve gente até que ficou de pé.” - avaliou o professor Daniel Bernardon.

 

As fotos do evento estão disponíveis neste link. | Os certificados de participação estão disponíveis aqui.