Decisão sobre futuro do Husm foi adiada

Diário de Santa Maria, 30/12/2013, Geral, p. 12

Adesão a novo modelo de gestão da instituição vai ser votado no dia 12 de dezembro

No encontro realizado na sexta-feira, não houve consenso entre as partes – CLAUDIO VAZ

A decisão de como será administrado o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), que atende pacientes de 42 municípios da região, ficou para 12 de dezembro, às 14h30min.

O agendamento de uma reunião extraordinária para votar a adesão ou não do hospital à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi um dos poucos consensos a que os conselheiros chegaram em relação ao assunto, na sexta-feira. Por quase duas horas, houve manifestações – algumas inflamadas –, contra e a favor da adesão.

Fora da sala, o corredor e o hall do 9º andar da Reitoria, no Campus, foram ocupados por grupos favoráveis e contrários à proposta. De um lado, sindicatos e associações acreditam que, com a empresa, o Husm deixará de atender 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

– A Ebserh abrirá a porta do Husm para convênios e comprometerá o ensino, a pesquisa e a extensão. Sem falar na perda de autonomia – disse Loiva Chansis, da associação dos servidores da universidade (Assufsm).

Na outra ponta, prefeitos da região querem a manutenção da instituição como referência. Eles temem que, se não aderir à empresa, o Husm reduza atendimentos.

– A região é dependente do Husm para atendimento em saúde pública – disse o presidente da Associação dos Municípios da Região Centro (AMCentro), João Mário Cristofori.

A próxima reunião seria em 27 de dezembro, mas, como a UFSM entra em recesso no dia 20, foi marcada essa reunião extraordinária. O encontro do dia 12 será decisivo, não havendo novo pedido de vistas. Na mesma data, será votada a criação do campus de Cachoeira do Sul.

Segundo Arnaldo Rodrigues, vice-diretor do Husm, o maior problema do hospital é de falta de pessoal. Ele não descarta o risco de restringir atendimentos em várias áreas, caso não haja uma solução.

Deixe uma resposta