UFSM. Docentes discutem possível greve em junho

Blog Claudemir Pereira, 02/06/2014.

 

Esse cenário voltará ao campus? Bueno, assembleia nesta segunda vai debater o assunto

Esse cenário voltará ao campus? Bueno, assembleia nesta segunda vai debater o assunto

Sem entrar no mérito, afinal a categoria docente é soberana nas suas decisões – mesmo se admitindo que a participação em assembleia não seja assim tããão significativa, do ponto de vista numérico. Mas, cá entre nós, pensar em fazer greve docente em meio à Copa do Mundo, exceto se houver algo extraordinário no movimento, tem tudo para ficar no anonimado midiático.

Mas, enfim, quem decide é o professorado. Que, no caso das instituições federais, imagina a possibilidade de paralisar os serviços neste mês futebolístico. E, no caso de Santa Maria, o assunto é o principal da assembleia convocada pela Seção Sindical dos Docentes da UFSM, na tarde desta segunda-feira. Detalhes você tem no material produzido pela assessoria de imprensa da entidade. O texto é de Fritz R. Nunes. A foto é de reprodução. A seguir:

Assembleia na segunda avalia indicativo de greve…

A Sedufsm marcou para a próxima segunda, 2 de junho, às 16h, no auditório Sérgio Pires, campus da Ufsm, a assembleia que vai discutir o indicativo de greve para o mês de junho. A convocação da plenária segue orientação da reunião do setor das federais (Ifes) do ANDES-SN, que no final de semana passado, definiu por indicar o movimento paredista para o próximo mês, a partir de análise das assembleias em cada universidade. Uma nova reunião do setor das Ifes está marcada para o dia 7 de junho, que avaliará o retorno das assembleias de todo o país.

Após o resultado da reunião do setor, no domingo passado, a presidente do Sindicato Nacional, Marinalva Oliveira, avaliou que os depoimentos trazidos da base sinalizam claramente a disposição dos professores de lutar pela reestruturação da carreira, pela valorização salarial dos ativos e aposentados, por melhoria das…” 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

 

Deixe uma resposta