UFSM irá ouvir alunos envolvidos em trote da engenharia em que calouro entrou em coma

Diário de Santa Maria, 14/08/2014. Geral, online. 

Direção do Centro de Tecnologia pretende averiguar se houve abusos por parte dos veteranos

A direção do Centro de Tecnologia (CT) da UFSM pretende ouvir as turmas de calouros e veteranos do curso de Engenharia Mecânica que realizaram um trote, na tarde de quarta-feira, no Parque Itaimbé. Um dos bixos que participava da atividade entrou em coma alcóolico, sofreu hipotermia e tinha gasolina nas roupas. O jovem, de 18 anos, foi encaminhado para o Hospital Dia da Unimed.

Segundo Luciano Schuch, diretor do CT, os alunos devem ser chamados ainda nesta quinta-feira. O objetivo da conversa é averiguar se houve algum tipo de abuso:
_ Mesmo que os alunos sejam da universidade, este trote aconteceu fora da instituição. Por isso, se for constatado algum tipo de abuso, poderemos acionar os órgão competentes. Caso algum aluno faça uma denúncia formal ao Centro, a instituição poderá abrir um processo interno_ , explica o diretor.

Mudança de cultura

O diretor do CT ressalta a importância de mudar a cultura dos trotes humilhantes na instituição. Com o objetivo de integrar calouros e veteranos em atividades diversas, foi criado, no início deste semestre letivo, a Semana do Acolhimento. Entre as atividades estão shows, competições de programação de computadores e amigo secreto.

Comentários estão fechados.