UFSM ouve hoje calouro que passou mal após trote

Diário de Santa Maria, 19/08/2014, Edição Online

Aluno será escutado pela direção do Centro de Tecnologia

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) irá escutar, na tarde desta terça-feira, (19) o calouro da Engenharia Mecânica que acabou no hospital depois de participar de trote na semana passada, no Parque Itaimbé, em Santa Maria. Além dele, os pais do calouro também serão ouvidos.

Para a tarde desta terça, também serão coletadas as versões de mais calouros. Na última segunda-feira (18), o Centro de Tecnologia (CT _ centro de ensino ao qual pertence o curso de Engenharia Mecânica) e a direção do curso de Engenharia Mecânica escutaram os veteranos do curso.

O diretor do Centro de Tecnologia, Luciano Schuch, falou à Rádio Gaúcha e contou à reportagem o relato dado pelos veteranos a ele:

“O que nos foi dito é que os calouros não foram forçados a beber. Tanto é que na turma dos calouros tinham dois novos alunos _ um com menos de 18 anos e outro evangélico _ e ambos disseram que ninguém foi obrigado a beber. Agora, vamos ouvir o calouro envolvido e ver o que ele tem a nos dizer”.

Luciano Schuch adianta que se, porventura, ficar constatado que o calouro foi vítima de qualquer coerção por parte de algum aluno, a Federal será aberta uma comissão de sindicância para averiguar e, inclusive, responsabilizar os envolvidos.

Comentários estão fechados.