Hospital regional será extensão do Husm

Diário de Santa Maria, 30/09/2014. Noticias, online. 

Começo de 2015 é a nova data para abertura dos primeiros serviços

Autoridades fizeram uma visita pelas instalações do hospital regional no bairro Pinheiro MachadoFoto: Cláudio Vaz / Agência RBS

Apesar não terem assinado o termo de cooperação que viabilizará a administração do hospital regional, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi confirmada como a futura gestora da instituição na manhã desta terça-feira.

Um encontro que reuniu representantes do governo do Estado, do Ministério da Educação, da Ebserh e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) trouxe novidades sobre a abertura do hospital. Entre elas, mas um adiamento na data de início do funcionamento prevista para meados de novembro quando o prédio deve ser entregue. A nova previsão para abertura dos primeiros serviços é para o começo de 2015.

Com 95% do prédio concluído, o início das atividades depende da efetivação da parceria entre  o MEC, a Ebserh, o governo do Estado e a UFSM para a gestão. O termo está em fase de análise jurídica. A compra do mobiliário e equipamentos, que tem verba garantida pelo Estado, também depende do acordo. É que uma das possibilidades é que o governo repasse o valor de cerca de R$ 30 mil para que a Ebserh efetive a compra, agilizando o processo.

Pela parceria, o regional funcionará inicialmente como uma extensão do Husm, formando um complexo hospitalar da UFSM. Serão usados setores de suporte do Universitário como lavanderia e suprimentos, por exemplo. O quadro de pessoal inicial também pode vir do concurso feito pela Ebserh para o Husm. Futuramente deve ser feito novo concurso para atender a demanda de servidores do regional, estimado em 625 profissionais.

Depois de uma coletiva de imprensa, as autoridades fizeram uma visita pelas instalações do hospital regional no bairro Pinheiro Machado. Entre as pessoas presentes estavam, na comitiva estadual, a secretária da Saúde do Estado, Sandra Fagundes, o secretário do Planejamento Gestão e Participação Cidadã, João Motta. Representando o Ministério da Educação, o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Spelle. Da Ebserh, estava a presidente substituta da empresa, Jeanne Liliane Marlene Michel. O reitor Paulo Afonso Burmann representou a UFSM. Também estavam no ato, prefeitos e secretários de municípios da Região Central, representantes da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde, da prefeitura e do Conselho Municipal de Saúde.

Comentários estão fechados.