A dica é: saia cedo de casa

Diário de Santa Maria, 11/12/2014, Geral, Pág. 14.

Nos últimos dois anos, uma das lições que mais tem sido repetidas aos vestibulandos da UFSM é que saiam cedo de casa. E na edição 2014, que começa amanhã e vai até a tarde de domingo, a premissa será ainda mais valiosa. Isso porque a Polícia Rodoviária Federal (PRF) decidiu liberar o sentido único de um dos principais acessos ao campus de Camobi somente na manhã de domingo. Nos anos anteriores, a BR-287 (Faixa Nova) era exclusiva, nos dois sentidos, para quem ia para o campus durante os três dias de prova (veja quadro ao lado).

A decisão coloca participantes em alerta. Conforme Marcelo Ramos, chefe da 9ª Delegacia da PRF, a definição veio após a experiência do Enem, considerada exitosa para o batalhão. No exame, 10 mil pessoas fizeram as provas em Camobi. No vestibular, serão 7,5 mil candidatos.

– Não registramos interrupções (no trânsito, durante o Enem). Entendemos que o candidato tem de se programar para chegar no horário porque isso faz parte do processo de aprovação dele – afirma Ramos.

Policiais estarão na rodovia orientando motoristas. Uma alternativa, além da ERS-509 (Faixa Velha), é a estrada de Pains. A prefeitura garantiu que irá patrolar a via. O presidente da Coperves, Edgar Durante, diz que a UFSM estará atenta:

– Se acharmos que há necessidade de adiar em cinco ou 10 minutos o começo das provas no campus, não tem problema. Mas estamos oferecendo ao vestibulando um processo seletivo de qualidade. Ele tem de colaborar.

Mariana Reginato, 21 anos, conta que já garantiu carona:

– Vamos eu e mais três amigas de carro para o campus. Combinamos sair do Centro às 10h30min porque temos medo que dê engarrafamento.

Acompanhamento e surpresa

Carlos Félix, doutor em Mobilidade Urbana, diz que com acompanhamento da PRF e da UFSM não crê em grandes problemas de deslocamento.

– Pelo horário das provas, é bem possível se programar para sair cedo de casa – avalia.

Cursinhos pré-vestibulares disseram que foram pegos de surpresa com a decisão:

– Moro em Camobi e sexta-feira, com ou sem vestibular, é um dia complicado na rodovia. Ainda não entendemos essa decisão – relata o professor Giba, do Riachuelo Pré-Vestibular.

Comentários estão fechados.