UFSM se despede do vestibular aos poucos

Zero Hora, 31/12/2014, Vestibular, Pág. 07.

 

COM O FIM DO PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL, o Sisu passa a ser adotado gradativamente já no próximo ano. Detalhes ainda podem ser alterados

A partir de 2017, o ingresso de novos estudantes na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) será possível somente por meio das notas do Enem. Sete meses depois de ter sido consenso entre integrantes do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e posteriormente cancelada, a adoção do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) como forma de ingresso foi novamente votada e aprovada na semana passada. Assim, chega ao fim o vestibular da instituição.

Até lá, os candidatos que já deram início ao Processo Seletivo Seriado poderão concluir suas provas. Nos dois próximos anos, no entanto, não serão aceitas inscrições para começá-lo. É uma adesão gradativa ao sistema: das vagas ofertadas pela UFSM em 2015 e 2016, 80% serão de ingresso pelo Sisu, e 20% pelo Processo Seletivo Seriado. Em 2017, os novos bixos serão escolhidos exclusivamente pelo sistema unificado.

– A Comissão Permanente de Vestibular (Coperves) continuará aplicando o Processo Seletivo Seriado pelos próximos dois anos, além de trabalhar na logística de outros concursos dentro e fora da UFSM – afirmou o reitor Paulo Burmann no dia em que a decisão foi tomada.

Agora, o roteiro a que os candidatos estavam acostumados muda por completo. Com o fim do vestibular, uma das consequências é a inexistência das outras chamadas, além da primeira – mas como o banco de vagas do Sisu é mais abrangente, a tendência é de que elas sejam preenchidas quase que imediatamente. Outro efeito seria a diminuição da evasão, segundo a Pró-Reitoria de Graduação.

guilherme.justino@zerohora.com.br

GUILHERME JUSTINO

Comentários estão fechados.