Cadela foi atropelada, garante a UFSM

Diário de Santa Maria, 26/03/2015, Geral, Pág. 10.

O caso da cadela encontrada machucada no campus da UFSM foi tema da reunião do Projeto Zelo, ontem, na instituição. O vice-reitor, Paulo Bayard, negou a hipóstese de ter havido abuso sexual e disse que os ferimentos foram consequência de um atropelamento registrado pelas câmeras de segurança:

– Os guardas viram o acidente e é evidente que não é um caso de polícia.

A diretora do Hospital Veterinário, Anne Amaral, diz que a cadela está melhor, e que a hipótese de atropelamento não deve ser descartada, embora seja pouco provável.

Comentários estão fechados.