Em 2 anos, nº de consultas no Hospital Universitário de Santa Maria cresce 60%

Rádio Gaúcha SM Online, 13/01/2016.

Em dois anos, o número de consultas noHospital Universitário de Santa Maria(Husm) cresceu 60%. No início de 2014, a média de atendimentos ambulatoriais era de 10 mil. Hoje a média é de 16 mil.

Os atendimentos ambulatoriais são, basicamente, as consultas, que, no hospital universitário, são apenas de média e alta complexidade. São atendimentos não só a pessoas internadas, mas a pacientes que são encaminhados de outros hospitais da região através da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde.

De acordo com o chefe da Divisão Médica do Husm, Larry Argenta, o principal motivo para o aumento do número de atendimentos é o aumento do número de médicos. Desde que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) assumiu a gestão do hospital, em agosto de 2014, o número de profissionais cresceu 76,4%. À época, eram cerca de 170. Hoje são cerca de 300.

Argenta destaca que, além do número de consultas, os novos médicos também proporcionaram mais qualidade ao hospital. Quatro áreas consideradas essenciais têm, hoje, mais de um médico por plantão: UTI Neonatal, setores cirúrgico e clínico do Pronto Socorro e Centro Obstétrico.

O Husm tem inscrições para 114 vagas de médicos. Com a contratação desses profissionais, o hospital espera chegar à meta de 18 mil consultas mensais.

Comentários estão fechados.