Obras em detalhes

Diário de Santa Maria, 14/03/16, Geral, Pág. 9

Dentro de um dos ônibus participantes da tour pelo campus, o reitor Paulo Burmann fez um relatório das obras em andamento. Entre os prédios que estão quase prontos e que poderão ser ocupados, ainda neste ano, estão do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (Derca); o dos cursos de Odontologia, Letras, Música e Dança; a Biblioteca de Humanidades; a Coordenadoria de Comunicação da UFSM, entre outros.

Começou a ser construída, recentemente, a primeira moradia para estudantes e professores intercambistas, a ser paga com recursos para a internacionalização da UFSM. Já estão em andamento a construção de blocos da Casa do Estudante Universitário (CEU) e dos prédios do curso de Medicina. Devem ser licitados nas próximas semanas projetos de construção de dois blocos da CEU e de mais três quilômetros de pista multiuso.

Entre as obras mais atrasadas estão a reforma na Biblioteca Central e a construção do prédio para o curso de Fonoaudiologia, iniciadas em 2010; a ampliação do Pronto-Socorro (PS) do Husm e a construção da Central de CTIs, iniciadas em 2011; e a ampliação da cozinha do Restaurante Universitário (RU), parada desde 2011.

Ainda em fase de projetos estão a reconstrução de três grandes terminais de ônibus, a central de laboratórios do Husm, a expansão na estrutura do curso de Engenharia Química, a reconstrução do almoxarifado e o prédio para os cursos de Comunicação Social.

Um projeto que deve ajudar a aproximar UFSM e a comunidade é o que trata da construção de museus abertos à visitação pública, junto ao Jardim Botânico. Os espaços deverão abrigar acervos já existentes em diversos cursos, como História e Arquivologia, mas que não estão expostos nem acondicionados de maneira adequada. O projeto do primeiro museu deve ser licitado ainda neste ano.

Já o projeto de reforma do prédio do Centro de Educação Física e Desporto (CEFD) está sob avaliação dos Ministérios da Educação e dos Esportes.

Comentários estão fechados.