Advogados e professores de Santa Maria fazem manifestação nesta segunda

Jornal A Razão, 28/03/16, Geral, Online.

Ato organizado por docentes da UFSM é contrário ao impeachment da presidente Dilma

Movimentos de juristas e professores contrários ao impeachment da presidente Dilma Rousseff promovem nesta segunda-feira uma série de atos de protesto no país.

Em Santa Maria, um grupo de advogados e professores de Direito da UFSM se reúne nesta segunda-feira, às 18h, para um manifesto batizado de Ato dos Juristas de Santa Maria pela Legalidade e Democracia. A atividade ocorre na frente da antiga reitoria da UFSM, na Rua Floriano Peixoto.

O ato, que é organizado por professores da UFSM, é contrário ao impeachment por entender que não há crime de responsabilidade que justifique o afastamento da presidente.

A seção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Santa Maria tomou posição favorável ao impeachment. Em protesto, integrantes da comissão de direitos humanos da entidade renunciaram aos cargos na semana passada.

Já em Porto Alegre, um manifesto com os mesmos objetivos será promovido nesta segunda-feira, às 17h, por advogados contrários à decisão do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de protocolar novo pedido de impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados. A categoria destaca que a decisão da OAB foi tomada sem ouvir as instituições de classe. A atividade será realizada na sede da OAB da Capital.

Comentários estão fechados.