Carlinhos Bortoluzzi lança livro “Ferida Profunda”

Jornal A Razão, 25/10/2016, Cultura, Online

Livro conta a história da sua relação com o cachorro Cizinho

Livro baseia-se na história vivida entre o autor e um dos filhotes da cadela Cigana, que fugiu após dar cria à nove cachorrinhos (Deivid Dutra / A Razão)
Livro baseia-se na história vivida entre o autor e um dos filhotes da cadela Cigana, que fugiu após dar cria à nove cachorrinhos (Deivid Dutra / A Razão)

A história de um nobre vira-lata. Foi assim que o escritor Carlinhos Bortoluzzi definiu seu livro “Ferida Profunda”, lançado este mês de maneira independente. A protagonista da história e a cadela Cigana, magra e sem raça definida, que Carlinhos cuidava e que, após dar cria a nove cachorrinhos, fugiu deixando os filhotes aos seus cuidados. Todos foram doados menos um, de focinho preto, que ganhou o nome de Cizinho. O cão tinha tudo para ser mais um vira-lata, mas foi muito mais do que isso. “Foi um parceiro de todos a sua volta, companheiro desinteressado, capaz de atos heróicos e de ternura extrema”, lembra Bortoluzzi.

Aos 67 anos, o escritor nascido em Vale Vêneto, distrito de São João do Polêsine, na região da Quarta Colônia, estudou no seminário dos padres palotinos de 1958 até 1966. Formado em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), “Ferida profunda” é sua primeira publicação, mas o amor pela leitura é antigo. “Meu gosto pela literatura começou nas classes escolares, escrevendo poesias, redações e contos, com forte influência dos professores padre Casemiro Tronco e do professor de latim padre Victor Trevisan”, lembra.

Mesmo que a temática do livro seja a força da amizade entre um homem e seu cão, “Ferida Profunda” trata de um momento difícil pelo qual Bortoluzzi passou quando foi afastado de seu amigo canino. A escrita funcionou como uma catarse para a culpa que o autor sentiu naquele momento. “O primeiro e verdadeiro motivo de ter escrito esse livro foi a culpa que permaneceu em mim após o afastamento desse cachorro. Cizinho me cobrou, por um ato impensado que cometi contra ele, durante sua vida inteira. Após seu afastamento continuei carregando essa culpa, fato esse que me levou a escrever nossa história e perpetuar seu nome, assim ele se torna eterno enquanto lembrado e eu me sinto livre dessa culpa.”, afirma o escritor.

O livro “Ferida Profunda” está à venda na Livraria da Mente, na Cesma, na Athena, na Agropecuária Camobi e no Sebo Camobi ao preço de R$ 30,00. O autor também realiza vendas pelo e-mail carlinhosjosebortoluzzi@yahoo.com.br.

Apesar de ter sido lançado recentemente, “Ferida Profunda” já trouxe para Bortoluzzi alguns frutos, como a troca de ideias com leitores a partir de suas interpretações da obra. “A essência da mensagem do livro “Ferida Profunda” depende da interação do leitor. Por “feedback” colhido junto à leitores tenho observado que cada leitor busca um paralelo de sua vida e experiência com as histórias descritas no livro. De minha parte a essência da mensagem se resume na convivência do ser humano e do ser animal como seres distintos que interagem livremente. O cachorro é um ser que por instinto é livre, nasce livre e assim deve ser mantido e tratado”, conclui.

Comentários estão fechados.