Seminário debate questões pedagógicas do teatro na UFSM

Jornal A Razão, 27/10/2016. Cultura.

Quinta edição de encontro promovido pela licenciatura em teatro vai até amanhã no PRÉDIO 40

 

 

Alunos puderam interagir e compartilhar projetos artísticos desenvolvidos nas disciplinas do curso, além de acompanharem as produções de colegas das artes cênicas da UFSM (divulgação  /  A RAZÃO)
Alunos puderam interagir e compartilhar projetos artísticos desenvolvidos nas disciplinas do curso, além de acompanharem as produções de colegas das artes cênicas da UFSM (divulgação / A RAZÃO)

 

Começou ontem pela manhã, no Centro de Artes e Letras (CAL) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o 5º Seminário da Licenciatura em Teatro, um encontro destinado a estudantes e profissionais das artes cênicas interessados em compartilhar seus trabalhos e discutir perspectivas em torno da criação e pedagogia artística. O principal objetivo é promover o diálogo entre pesquisadores de teatro e áreas afins, através de conferências, comunicações, oficinas e apresentações artísticas. As atividades seguem até amanhã de amanhã no CAL, prédio 40 do campus da UFSM.

O tema desta edição do seminário é “Teatro e Comunidades: relações artístico-pedagógicas”. Quanto às comunicações dos participantes, elas trazem assuntos variados que permeiam a prática teatral, seus cruzamentos e hibridismos com outros campos de conhecimento. “O seminário é importante para o curso de licenciatura porque é um espaço múltiplo de formação.Nele, os estudantes compartilham suas pesquisas, tanto projetos de pesquisas como processos artísticos”, explica a professora e uma das organizadoras do seminário, Raquel Guerra. A palestra de abertura foi realizada pela professora Márcia Pompeo, um dos grandes nomes do teatro comunidade no Brasil. “O tema teatro e comunidade aponta perspectivas para o Curso de Licenciatura para além da escola, abre o olhar da formação do artista cênico para atuar em outros espaços. E dentro do próprio tema, há variadas perspectivas.Tem o trabalho de grupos de teatro que atuam em comunidades, o trabalho de oficinas na comunidade. E há também a questão das comunidades de interesse, que não são geográficas, como teatro com grupo de idosos, por exemplo”, conclui Raquel.

Entre os convidados, destaca-se a presença de professores renomados na área, que atuam em universidades do sul do Brasil: Márcia Pompeo Nogueira, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Sérgio Lulklin, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Fabiane Tejada, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Na programação artística, algumas das atividades que se destacam são o espetáculo de Dança Apocalíptico, da Crystian Castro Cia de Dança, e dois curta-metragens da TV OVO: “Poeira” e “Arroio Grande”, ambos com direção de Paulo Tavares. O seminário é uma realização do Curso de Licenciatura em Teatro e tem a coordenação dos professores Diego de Medeiros Pereira, Marcia Berselli e Raquel Guerra. Já a produção do evento conta com o apoio dos estudantes que cursam a disciplina de Produção Teatral e dos bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid).

Comentários estão fechados.