Professores participam de mobilização nacional

ClicRBS, 11/11/2016, Diário de Santa Maria, Geral, Impresso, p.12

As mobilizações dos estudantes são a resposta de servidores e estudantes à PEC 55 (antiga PEC 241, que congela por 20 anos os gastos públicos em educação e saúde), à Medida Provisória 746 (que propõe a reforma do Ensino Médio) e à reforma trabalhista do Governo Federal. As ocupações tiveram início terça-feira, com a tomada do prédio 17, da Geografia, e foi seguida pelos prédios 74 A e C do Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH), Centro de Artes e Letras (CAL), prédio 40, e 16B do Centro de Educação (CE).

As pautas são as mesmas dos servidores técnico-administrativos, em greve há mais de uma semana, e dos professores federais que hoje integrarão uma mobilização nacional de greve. Em Santa Maria, será realizado um ato público às 17h, na Praça Saldanha Marinho. Professores da rede pública e vários sindicatos vão participar do protesto.

Menos ônibus hoje e segunda

Hoje e na segunda-feira, o consórcio SIM, responsável pelo transporte coletivo em Santa Maria, vai reduzir os horários das linhas que levam ao campus da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O motivo é a paralisação de professores e servidores hoje e o feriadão de Proclamação da República. Conforme o calendário acadêmico, segunda-feira é dia não-letivo.

Os horários podem ser conferidos no site www.simsm.com.br. Outras informações pelos telefones (55) 3220-8397 e 3027-9001.

Comentários estão fechados.