Seis anos após compra, UFSM recebe piano de cauda de R$ 210 mil

Gaúcha SM, 22/04/2017.

Foto: Divulgação /Universidade Federal de Santa Maria

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) recebeu neste mês um piano de cauda da marca Steinway & Sons. Depois da repercussão da crise que a instituição enfrenta, pelo corte de verbas do governo federal, a UFSM explicou que o piano foi comprado há seis anos por meio de um processo de importação. O motivo para o atraso, segundo a instituição, foram problemas no embarque e, posteriormente, danificações em virtude do transporte.

O investimento foi de US$ 126,3 mil, o equivalente a cerca de R$ 210 mil, conforme a cotação do dólar na época, em torno de R$ 1,67. O piano será usado para concertos e também em outros eventos da área da música que demandem o uso do instrumento.

De acordo com a UFSM, o piano, que é de um modelo feito para concertos, foi fabricado nos Estados Unidos e tem quase 3 metros de comprimento – o maior piano existente no mercado.

O instrumento musical será instalado no Centro de Convenções. O espaço tem inauguração prevista para o mês de maio e, segundo a instituição, se caracteriza como o maior teatro do interior do Estado, com mais de 6,8 mil m² de área construída e 1.177 lugares.

A professora de piano Vera Vianna, do Departamento de Música da Universidade, diz que com a aquisição do piano e também com a criação do Centro de Convenções a ideia é democratizar o acesso aos meios culturais, promovendo a produção artística e cultural na cidade e na região.

O Centro de Convenções será utilizado para eventos diversos que vão desde colações de grau, palestras e congressos científicos até espetáculos culturais. Uma programação especial está sendo preparada para o mês de junho, para marcar a inauguração do local.

Comentários estão fechados.