Monólogo sobre negritude abre a programação do Treze: Palco da Cultura

Diário de Santa Maria, 02/05/17, Noiticias, Cultura, Online

Espetáculo “Sob a Pele” foi criado, dirigido e conta com atuação de Lenora Consales Shimit

Monólogo sobre negritude abre a programação do Treze: Palco da Cultura Andreas L. Ross/Divulgação

Foto: Andreas L. Ross / Divulgação

O monólogo Sob a Pele sobe ao palco do Theatro Treze de Maio hoje, às 20h. O espetáculo abre as apresentações dos projetos selecionados pelo edital Treze: O Palco da Cultura em 2017.

Com direção e atuação de Lenora Consales Shimit, a peça nasceu em uma das disciplinas do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e propõe questionamentos sobre a negritude.

O texto foi construído por meio de pesquisas e de experiências da própria atriz e de outras meninas e mulheres negras. A partir daí, o espetáculo oferece um olhar poético-crítico sobre racismo, embranquecimento, aceitação e empoderamento negro.

– Se o racismo não te mata na entrada, ele mata na saída, minha menina, ele é uma estrutura que vai fazer com que você se odeie, odeie quem é e odeie a sua realidade, não importa se você for gorda, magra, rica, diplomada, doutorada. Ainda assim, você terá que conquistar a confiança das pessoas no seu trabalho, andar sempre alinhada para mostrar o quanto é boa ¿apesar¿ da sua cor… – diz um fragmento da peça.

O trabalho de Lenora teve orientação do professor Marcos Caye. Os ingressos para a apresentação estão à venda na bilheteria do teatro e no campus, na Casa do Estudante 2, apartamento 2.445. A renda será revertida para os realizadores do espetáculo. O Treze: O Palco da Cultura tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura (LIC-SM).

Sob a Pele

Em resumo
– Direção, dramaturgia, elenco – Lenora Consales Shimit
– Quando – Hoje, 20h
– Classificação – 16 anos
– Onde – Theatro Treze de Maio (Praça Saldanha Marinho, s/nº)
– Quanto – R$ 8 (estudantes e idosos) e 16 (público geral)
– Informações – (55) 3028-0909

Comentários estão fechados.