Estudante de Medicina foi preso por receptação de objeto furtado

Diário de Santa Maria,  04/05/2017, Geral, Online

Um projetor furtado da UFSM foi encontrado no quarto dele, na Casa do Estudante

Um estudante do curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), de 20 anos,  foi preso, em flagrante, pela Polícia Federal (PF) na Casa do Estudante no campus, em Camobi. Ele foi preso na última terça-feira, tendo sido levado para a Penitenciária Estadual de Santa Maria (Pesm), mas já foi folto, em liberdade provisória, na quarta-feira. Segundo informações da assessoria de comunicação da PF, o estudante foi preso por receptação de um projetor que foi furtado da UFSM há cerca de 20 dias.

Com apoio de servidores da universidade, o projetor foi localizado. Eles constataram que o equipamento estava no quarto do estudante, na Casa do Estudante Universitário. Os servidores informaram à PF, que foi até o local. O aluno disse aos policias que havia comprado o equipamento de um homem.

Um microscópio ótico com acessórios e um telefone celular que foram encontrados no quarto do suspeito foram apreendidos pela PF. Há suspeita de que esses objetos também tenham sido furtados.

O delegado André Luiz Martins Epifânio disse que já havia uma ocorrência do furto do projetor registrada na PF. O delegado explica que o estudante disse que teria comprado o projetor, além de outros objetos, como uma garrafa térmica e panelas, de um homem que teria conhecido na biblioteca.
– A receptação do objeto furtado está esclarecida. Agora, vamos investigar a autoria do furto e identificar se esse estudante teve algum envolvimento. Há imagens de câmeras, do corredor do prédio que vão auxiliar a ver quem foi responsável pelo furto – explica o delegado.

As imagens já foram preservadas, segundo o delegado, e devem ser entregues à PF nos próximos dias.

O crime de receptação, quando se trata de bem da União, pode chegar à pena de até 8 anos de prisão.

Comentários estão fechados.