Jorge Pozzobom vai à UFSM e vê tecnologias de georreferenciamento desenvolvidas na instituição

Blog Claudemir Pereira, 03/07/2017.

CIDADE. Jorge Pozzobom vai à UFSM e vê tecnologias de georreferenciamento desenvolvidas na instituição - prefeitura-pozzobom-ufsm

Foto: DEISE FACHIN

Por MARIANA FONTANA

Desde que assumiu a Gestão Municipal, o prefeito Jorge Pozzobom tem buscado a aproximação com as instituições de Ensino Superior da cidade, como forma de estreitar relações e buscar parcerias para promover melhorias para a comunidade santa-mariense. Nesse sentido, o chefe do Executivo, acompanhando da secretária de Mobilidade Urbana, Sandra Rebelato, do coordenador do Gabinete de Governança, Carlos Brasil Pippi Brisola, e de integrantes da Prefeitura, conheceu, na tarde de terça-feira (05), o trabalho desenvolvido pelo Laboratório de Geomática do Centro de Ciências Rurais (CCR), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Na visita, o professor Enio Giotto, coordenador do Laboratório, apresentou ao prefeito Pozzobom diferentes aplicativos que podem vir a ser utilizados pelo Executivo e que utilizam o georreferenciamento. A tecnologia consiste na localização espacial de qualquer ponto de interesse, como uma escola, uma Unidade de Saúde, uma ponte, uma estrada, e assim sucessivamente.

Conforme o professor Giotto, do georrefereciamento pode ser empregado em diferentes áreas, como a Mobilidade Urbana, a Saúde, a Infraestrutura, o Meio Ambiente, o levantamento da zona rural da cidade, entre outras.

“Temos hoje aplicativos com a tecnologia do georreferenciamento em várias áreas. Na Mobilidade Urbana, pode ser utilizada para identificar a sinalização, por exemplo, mostrando onde há faixas de segurança e semáforos. Não temos interesse comercial. Queremos nos colocar à disposição da Prefeitura no que compete à transferência de tecnologia”, comentou o professor.

Na oportunidade, o prefeito Jorge Pozzobom ressaltou que já vem atuando em contato com a UFSM, tendo definido um comitê de trabalho da Prefeitura e da Instituição que é responsável por elencar as ações prioritárias e que podem ser tratadas em conjunto entre as instituições. Ainda, o chefe do Executivo ressaltou que a principal demanda da Prefeitura, neste momento, é com relação a ruas e estradas. Assim, solicitou o apoio do grupo para produzir dados e informações sobre a situação e os pontos críticos da malha viária urbana e rural do Município.

“Muita da tecnologia que vocês desenvolvem aqui vai ao encontro do que queremos executar no nosso governo. Precisamos ter dados da cidade e é isso que estamos buscando. Neste momento, queremos a ajuda para elaborar o inventário das ruas e estradas do Município, dos trechos mais críticos e que precisam ser recuperados”, explicou o prefeito.

Na reunião, ficou definido que a Prefeitura ficará em contato com o grupo para tratar sobre o assunto. Participaram da visita, o coordenador do Gabinete de Governança da Prefeitura, Carlos Pippi Brisola; o superintendente de Mobilidade Urbana, Marcelo Rosses; o engenheiro Paulo Rosa; o presidente do Instituto de Planejamento de Santa Maria (Iplan), Vilson Serro; o analista de Sistema da Prefeitura, Fabrício Viero de Araújo; além de professores da UFSM e de estagiários do grupo.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Comentários estão fechados.