PF investiga apologia ao nazismo em sala da Ufsm

Jornal Tribuna da Produção, 24/08/2017, Online.

Incitação ao ódio e à discriminação racial

A Polícia Federal (PF) abriu inquérito para apurar uma suposta apologia ao nazismo em um dos prédios da Universidade Federal de Santa Maria. No dia 17 deste mês desenhos foram identificados na sala do Diretório Livre do curso de Direito, que fica na Rua Floriano Peixoto, prédio da antiga reitoria, no centro de Santa Maria.

No local, onde há uma parede mural para a livre expressão dos acadêmicos, os estudantes verificaram a existência de dois desenhos de suásticas nazistas. Logo que depararam com a situação, que chamou a atenção dos acadêmicos, um grupo de alunos foi até a Polícia Federal para fazer o registro.

O delegado da Polícia Federal de Santa Maria, Getúlio de Vargas, constatou que se trata de um caso de incitação ao ódio e à discriminação racial. O reitor da UFSM Paulo Burmann disse que não tem como identificar os autores dos desenhos, já que a sala do Diretório do Direito fica aberta, inclusive a pessoas de fora da instituição. Ele ainda afirmou que a universidade não tolera atitudes discriminatórias.

Comentários estão fechados.