Central de UTIs do Husm deve ficar pronta em dezembro

Diário de Santa Maria, 24/10/17, Geral e Polícia, Online. 

Após a entrega da obra ainda falta a compra de equipamentos e a seleção de profissionais

Central de UTIs do Husm deve ficar pronta em dezembro  Gabriel Haesbaert/NewCO DSM

Foto: Gabriel Haesbaert / NewCO DSM

Depois de passar por várias idas e vindas na construção, a obra da Central de UTIs, iniciada em 2013, parada em 2015 e retomada em 2016, tem uma nova previsão para ser entregue: dezembro deste ano. Pelo menos, essa é a projeção da direção do hospital.

O Ministério da Saúde liberou pouco mais de R$ 8,2 milhões do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) para ações no Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), publicada no Diário Oficial na segunda-feira. Parte do valor – R$ 703 mil – será destinado para a conclusão da Central de UTIs.   Porém, para que o atendimento à população comece, de fato, ainda faltam algumas questões a serem concluídas.

Para isso, estão sendo feitos dois levantamentos. Um deles diz respeito à aquisição de equipamentos, elaborado por profissionais da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) em Santa Maria. A licitação para a compra dos equipamentos deve ser aberta ainda neste ano.

O outro é referente à ampliação do quadro de funcionários que irão trabalhar na Central, denominado Plano de Redimensionamento de Pessoal. O documento está sendo estudado por quatro profissionais que fazem parte da Diretoria de Gestão de Pessoas da sede da Ebserh, que fica em Brasília. Eles estiveram em Santa Maria durante cinco dias avaliando a estrutura, os serviços, os leitos e os aparelhos necessários para o funcionamento.

Os levantamentos ainda não têm data para serem entregues. Com isso, o atendimento à população só deve começar no primeiro semestre de 2018.

– Tudo isso depende de uma série de coisas. O principal entrave é que são vários processos que estão correndo em paralelo, é o pessoal, é o equipamento. Além disso, quando a obra estiver pronta, será preciso chamar a Vigilância Sanitária para liberar os alvarás que estão faltando – complementa Vasconcellos.

 SANTA MARIA, RS, BRASIL.10/10/2017.OBRA CENTRAL DE UTIS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE SANTA MARIA DEVEM FICAR PRONTA NO FINAL DO ANOFOTO: GABRIEL HAESBAERT / NEWCO DSM

Foto: Gabriel Haesbaert / NewCO DSM

LEITOS

Com a Central de UTIs, o Husm passará dos atuais 49 para 82 leitos – sendo 30 adultos, 22 intermediários neonatais, 20 neonatais e 10 de pediatria. A construção do prédio de dois andares fica sobre o atual pronto-socorro. Conforme o gerente administrativo do hospital, existe um planejamento para reformar as áreas onde, atualmente, estão as UTIs. Inicialmente, serão utilizados para leitos hospitalares e áreas de apoio ao ensino e à assistência.

– Essa obra vai desafogar um gargalo muito grande em Santa Maria, que são os leitos de UTI. O Husm é o único hospital da região que tem leitos de UTI. Nós sempre temos 10 pacientes, ou mais, além da capacidade– complementa Vasconcellos.

REGIÃO
De acordo com a delegada adjunta da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde (4ªCRS), Marilisa Vilagrand, o aumento do número de leitos vai ajudar, mas ainda não será satisfatório. Hoje, para os pacientes da área da 4ªCRS, que abrange 32 municípios da região, estão disponíveis sete leitos na cidade de Santiago, e 16 no Husm.

– Com relação ao número de vagas para adultos, pelo o que o Ministério da Saúde preconiza, seria necessário ter, pelo menos, 80 leitos somente para a nossa área de abrangência – reforça.

Sobre os leitos neonatais, a 4ª CRS tem 10 disponíveis para os municípios. Com a abertura da Central de UTIs, o número de leitos será suficiente para atender a demanda.

RESUMO
Obra –
 Previsão de ser concluída até dezembro deste ano
Valor – cerca de 10 milhões
Pessoal– Um estudo está em fase de elaboração se data para conclusão. Será decidido se haverá concurso
Equipamentos – Também está em fase de elaboração, licitação será aberta ainda este ano
Leitos UTis – Quando começar a operar, passarão de 49 para 82
Ontem – Foi publicada, no Diário Oficial da União a portaria nº 2.766 que libera recursos financeiros do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf)
R$ 703 mil - Serão usados para concluir a obra da Central de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs)
R$ 7,3 milhões – Serão utilizados para manutenção do hospital, compra de material médico hospitalar, medicamentos e pagamento de fornecedores R$ 209 mil – Serão destinados para reforma das calçadas ao redor do hospital, impermeabilização das caixas de água e pequenas adequações de espaço físico Leitos normais do hospital - 403 leitos hospitalares Região – Leitos da 4ª CRS Uti adulto – 7 em Santiago e 16 no Husm  Uti pediátrica – 10 no Husm  Uti neonatal – 8 no Husm

Comentários estão fechados.