Ônibus e outros serviços normalizam nesta semana em Santa Maria

Diário de Santa Maria, 03/06/2018, Geral, Online.

Concursos e vestibulares têm novas datas de prova

Foto: Charles Guerra (Diário)

A segunda-feira é dia de voltar ao normal para alguns serviços em Santa Maria. Apesar de a greve dos caminhoneiros ter se encerrado na sexta-feira em todo o país, alguns serviços seguiram operando de forma diferente em função do desabastecimento. As linhas de transporte público coletivo, por exemplo, voltam a operar normalmente após 10 dias de ônibus trafegando em horários alternativos. As aulas e outras atividades acadêmicas são retomadas nas instituições onde chegou a ser anunciado a suspensão. Veja quais os serviços devem ser normalizados nesta semana:

TRANSPORTE PÚBLICO

Além de todas as linhas de ônibus voltarem a funcionar em seus horários normais, em Santa Maria, os azuizinhos também voltam às ruas de Santa Maria. Desde o dia 25 de maio os horários foram reduzidos, exceto em horário de pico, e algumas linhas operavam com reforços. Os azuizinhos deixaram de circular nos dias em que houve falta de combustível na cidade. Para conferir os horários, clique aqui. 

AULAS NA UFSM

As aulas e outras atividades acadêmicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), suspensas desde a semana passada, voltam ao normal nesta segunda-feira. O Restaurante Universitário (RU) também vai reabrir mas com atendimento restrito aos estudantes com benefício sócio-econômico (BSE), mediante agendamento prévio das refeições. As refeições no RU a todos alunos devem ser normalizadas de acordo com o abastecimento de alimentos. As aulas também voltam ao normal na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

AULAS NAS ESCOLAS
As aulas estão mantidas nas redes municipal e estadual de ensino

EXAMES DE DIREÇÃO
Os exames de direção que foram suspensos na semana passada devem ser retomados a partir desta terça-feira. Quem teve a data alterada precisa entrar em contato com o Centro de Formação de Condutores (CFCs) para remarcar as provas.

TRANSPORTE INTERMUNICIPAL
Algumas empresas chegaram a reduzir horários na sexta-feira e sábado, mas neste domingo as linhas estavam normalizadas. Desde a sexta-feira o setor de encomendas – que estava suspenso por determinação do Daer – também está normalizado.

HUSM
Na tarde desta segunda-feira, a direção do Hospital Universitário de Santa Maria deve fazer uma reunião com os setores diretamente afetados com o desabastecimento para definir quais serviços serão normalizados. A alimentação aos acompanhantes, profissionais, alunos e residentes segue suspensa.

 

NOVAS DATAS DE PROVA

Vestibular
Os vestibulares de inverno da Ulbra e da Universidade Franciscana (UFN), que foram adiados, ocorrerão em novas datas: as provas da Ulbra serão no próximo domingo, dia 10 (para cursos presenciais) e 9 e 10 de junho para os cursos EaD. Já a prova da Unifra foi remarcada para o dia 29 de junho.

Exame da OAB
A segunda etapa do exame da Ordem dos Advogados do Brasil, que também teve alteração na data, fica marcada para o próximo domingo, 10 de junho. Com isso, o resultado preliminar da segunda fase deve ser divulgado no dia 29 de junho e o prazo para recursos começa no dia 30.

Concurso da prefeitura de Paraíso do Sul
A prova prática para a prova de pedreiro, inicialmente marcada para o dia 27 de maio, será aplicada no dia 10 de junho, nos mesmos horários.

Concurso da Polícia Civil
A etapa para o concurso para os cargos de inspetor e escrivão será nos dias 9 de 10 de junho, no Complexo Esportivo da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), em Canoas.

 

GARANTIA DA LEI E DA ORDEM TERMINA NESTA SEGUNDA

Após reuniões durante o final de semana, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, Sérgio Etchegoyen, disse neste domingo que o governo não está desmobilizado e continua acompanhando a retomada do abastecimento do país após a paralisação dos caminhoneiros. Segundo o ministro, o decreto que estabelece o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), cujo prazo de vigência termina nesta segunda-feira não deverá ser prorrogado.

- Neste momento, não há nenhum elemento que sugira a prorrogação da GLO. A decisão é encerrá-la amanhã” – disse em entrevista à imprensa, no Palácio do Planalto. Para liberar as rodovias e reabastecer o país com os produtos retidos nas estradas durante a paralisação dos caminhoneiros, Temer autorizou o emprego das Forças Armadas. Segundo o ministro, a avaliação que se tem hoje é que o abastecimento no país está “completamente normalizado”:

- Nossa avaliação é que estamos em um quadro de normalidade e que não tende a ser modificado -  afirmou.

Nova manifestação

Etchegoyen disse ainda que o governo acompanha notícias nas redes sociais de convocação de uma nova manifestação dos caminhoneiros para amanhã (4), mas que elas ainda não geram preocupações alarmantes.

Comentários estão fechados.