• Curso de Extensão - Solo e Água na Agricultura Familiar

    PLANEJAMENTO INTEGRADO DE PROPRIEDADES RURAIS – SOLO E ÁGUA NA AGRICULTURA FAMILIAR

     

    Coordenadores:

    Ricardo Simão Diniz Dalmolin

    e Dalvan José Reinert

     

    Agência Financiadora:

    Secretaria de Educação

    a Distância – MEC

     

    Período de vigência:

    2006

     

    Em 2006, o NESAF ofereceu seu primeiro curso de capacitação, dirigido a técnicos que atuavam na assistência de propriedades rurais ligadas à agricultura familiar, vinculados à Cooperativa de assistência técnica ao Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA, COOPTEC e à Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul – FETAG/RS. Esse curso de extensão foi denominado “Planejamento integrado de propriedades rurais – solo e água na agricultura familiar” e teve 60 vagas disponibilizadas. Oferecido via EAD, o curso previa a realização de uma “pesquisa participante”, via estudos de caso. O objetivo era atualizar técnicos dos movimentos populares na assistência de propriedades rurais ligadas à agricultura familiar, bem como realizar pesquisa participante junto às suas áreas de atuação, por meio de estudo de casos em sistemas agrícolas.

    Com duração de 150 horas, o curso foi constituído com um Módulo presencial, ministrado na UFSM e nas sedes das entidades envolvidas no projeto (30 horas), e um Módulo EAD, ministrado a distância, em várias etapas (120 horas).

    Esse curso foi muito bem recebido pelos técnicos e teve uma repercussão muito positiva, tanto que se tornou o embrião do curso de Graduação Tecnológica em Agricultura Familiar – EaD da Universidade Federal de Santa Maria, que veio a ser oferecido posteriormente.

  • Graduação Tecnológica em Agricultura Familiar e Sustentabilidade

    GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE

     

    Coordenador:

    Ricardo Simão Diniz Dalmolin

     

    Coordenador Substituto:

    Marco Antonio Fialho

     

    Agência Financiadora:

    CAPES / FNDE

     

    Período de vigência :

    2007 – 2011

     

    O curso de Graduação Tecnológica em Agricultura Familiar e Sustentabilidade, Modalidade de Educação à Distância, da UFSM, tem duração prevista de  8 semestres e possui seis grandes eixos curriculares: Comunicação e Desenvolvimento, Produção em Base Agroecológica, Gestão e Administração Rural, Manejo do Solo e Água, Atividades Complementares de Graduação, Estudos de Caso e Trabalho de Conclusão de Curso.

      Esse curso visa formar Tecnólogos em nível universitário com capacidade técnico-científica e responsabilidade social, aptos a promover, orientar e planejar a gestão de unidades de produção agropecuárias familiares; intervir na transformação e comercialização dos produtos da agricultura familiar e na geração e aplicação de métodos de produção, em consonância com os preceitos de proteção ambiental e com as tendências de consumo favoráveis a alimentos saudáveis; bem como formular e gerir projetos de desenvolvimento rural em escala municipal, regional e nacional.

    Atualmente existem 9 pólos no estado do RS: Cerro Largo, Constantina, Faxinal do Soturno, Herval, Santana do Livramento, Sobradinho, Tapejara, Tio Hugo e  Três de Maio além de um pólo em  Jales, SP e outro em Palmas, TO.

    Em janeiro de 2011 será formada a primeira turma do curso; receberão o diploma aproximadamente 130 novos profissionais, todos dos pólos localizados no RS. Em agosto será a vez dos pólos de Jales e Palmas formarem seus primeiros profissionais.

    Nesse curso atuam aproximadamente 25 professores, todos ligados ao Centro de Ciências Rurais da UFSM, além de dezenas de tutores a distância, que auxiliam os professores em suas tarefas, e tutores presenciais, que atuam nos pólos dando assistência aos estudantes.

     

  • Curso de Especialização: Residência Agrária

    O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AGRICULTURA FAMILIAR CAMPONESA E EDUCAÇÃO DO CAMPO – RESIDÊNCIA AGRÁRIA

     

    Coordenador:

    Pedro Selvino Neumann

     

    Agência Financiadora:

    (INCRA/DF e  CNPq)

     

    Período de vigência:

    2009 a 2011

     

    Professores envolvidos:

    17 da UFSM (integrantes do NESAF), além de professores convidados de outras instituições

     

    Esse curso iniciou em agosto do ano de 2009 e foi fruto de um convênio entre o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e a UFSM. Composta por 50 estudantes oriundos de diferentes regiões do estado do Rio Grande do sul, a turma abrangia assentados da reforma agrária com nível superior, técnicos de ATES de todas as prestadoras de serviço aos assentamentos no RS (EMATER, CETAP, COPTEC e projetos vinculados à UFSM) e estudantes recém egressos da universidade. Buscou-se a participação das diversas áreas acadêmicas, a utilização da pedagogia da alternância (tempo escola e tempo comunidade) e a flexibilização dos conteúdos.

    Empregou-se a forma interativo-participativa nos espaços reservados à discussão, principalmente nas fases de preparação e avaliação. O curso foi estruturado em eixos temáticos, para contemplar os diferentes interesses dos estudantes, oriundos de diversas áreas de conhecimento. Os temas foram definidos coletivamente e eram coordenados por professores que tinham afinidade com as áreas de cada eixo.

    A pedagogia da alternância foi construída pela relação estabelecida entre o tempo escola e o tempo comunidade. Nos tempos escola foram desenvolvidos os conteúdos teóricos e práticos comuns a todos os estudantes, ao passo que os conteúdos específicos situaram-se no âmbito dos eixos temáticos. Nas 17 etapas periódicas e intensivas realizadas foram oportunizados espaços de práticas coletivas, através de visitas de vivências em assentamentos. O tempo comunidade correspondeu à permanência do educando em um assentamento de reforma agrária por um período mínimo de 05 dias entre cada etapa do tempo escola.

    O curso está encerrando suas atividades em 2011 com aproximadamente 38 defesas de monografias concluídas. Por solicitação das entidades que participam do projeto (INCRA/RS, EMATER, COOPTEC, CETAP, COCEARGS, GATS, NARUA) foi encaminhada outra proposta ao PRONERA para a formação de uma nova turma em 2012. O NESAF está propondo esse novo projeto por acreditar que o papel de instituição pública da Universidade se realiza plenamente somente quando ocorre a sua inserção junto a comunidades de sua região de abrangência sócio-educacional.

     

Universidade Federal de Santa Maria – UFSM - Av. Roraima, 1000 - Cidade Universitária - Bairro Camobi

Santa Maria – RS – Brasil - CEP: 97105-900