Foi realizada na manhã desta segunda-feira (15), no CCSH, uma reunião a respeito do Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU), desenvolvido pela UFSM no ano de 2016. Na ocasião foi desenvolvida a dinâmica de análise swot, que tem como objetivo analisar as forças, fraquezas, oportunidade e ameaças de determinado projeto e definir estratégias de aplicação para tal.

A partir disso, foram organizados grupos temáticos envolvendo o diretor do Centro, professor Mauri Leodir Löbler, coordenadores de cursos, técnicos administrativos, secretários de cursos e representantes dos diretórios acadêmicos. Em cada grupo temáticos foram debatidos os desafios elaborados pela Comissão Central do PDI, que servirão de base para a elaboração dos objetivos institucionais que farão parte do mapa estratégico da Instituição. Os desafios colocados são: Internacionalização; Educação Inovadora e Transformadora com Excelência Acadêmica; Inclusão Social; Inovação, Geração de Conhecimento e Transferência de Tecnologia; Modernização e Desenvolvimento Organizacional; Desenvolvimento Local, Regional e Nacional e Gestão Ambiental.

Para ver a notícia completa e fotos do evento, clique aqui.

Na tarde de ontem (11) a UFSM, Campus Frederico Westphalen, realizou uma reunião com a comunidade externa, no salão nobre da Associação Comercial e Industrial (ACI) do município.

O encontro teve o intuito de apresentar para a comunidade o Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU), que consiste em um plano estratégico a ser implantado no Campus Frederico Westphalen, processo alinhado ao Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSM (PDI). Além disso, a reunião teve o objetivo de coletar informações da comunidade externa para montar a matriz SWOT (FOFA, em português), que define as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças referentes à UFSM-FW. Essa matriz serve como base para a definição dos objetivos dentro do planejamento estratégico.

Para representar a comunidade externa, foram convidados representantes de entidades e empresas locais. Participaram entidades como: EMATER Regional, CODEMAU, CRESOL, CRELUZ, ADMAU, Banco do Brasil, FESAU, SICOOB, IBGE, ACI-FW, Jornal O Alto Uruguai, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e CETAP. coordenando a reunião estiveram presentes o diretor da UFSM-FW, Arci Wastowski, o vice-diretor Igor Senger e a Comissão Executiva do Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU), composta pelos administradores Marcelo Renan Grassi, Cleomar Fabrizio e Jonas Ribeiro.

Para ler a notícia completa e ver fotos do evento, clique aqui.

Na última sexta-feira, 27/01, foi realizada uma reunião com os servidores que trabalham na área orçamentária das diferentes unidades da UFSM. A reunião teve como objetivo esclarecer os procedimentos que deverão ser adotados durante o ano de 2017 para a execução orçamentária.

A Pró-Reitoria de Planejamento tem desenvolvido desde o ano passado, junto a algumas unidades da UFSM, o Plano de Desenvolvimento da Unidade, o PDU.

Alinhado ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Universidade, o PDU vai apresentar os objetivos e metas das unidades, servindo como guia para execução ao longo do ano.

Segundo o pró-reitor de Planejamento, Frank Casado, o objetivo é promover uma mudança de cultura, em que haja mais planejamento, e que o Plano seja um facilitador para a gestão. "A preocupação da Proplan é fazer com que o PDI e o PDU sejam práticos, e que haja um vínculo com o orçamento".

Nesse sentido, a Proplan atua dando suporte para que as unidades construam o seu próprio Plano. "Nós não elaboramos o PDU. A orientação é que o centro forme sua própria equipe e nós damos o auxílio, as ferramentas, a metodologia e apoiamos nos ajustes necessários", salienta Frank. Ele ressalta, ainda, a importância das discussões que já são feitas com os conselhos das unidades para que acompanhem e avaliem a execução do PDU.

As discussões para construção dos planos são realizadas desde o fim do primeiro semestre de 2016 e devem seguir ao longo deste ano. Atualmente, já recebem esse apoio Frederico Westphalen, Palmeira das Missões, o Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH), o Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE), o Centro de Tecnologia (CT) e o Departamento de Comunicação.

As unidades que tenham interesse em desenvolver o PDU podem entrar em contato com a Proplan.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social-UFSM

Após meses de discussões e consultas, o texto base do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da UFSM foi apreciado e aprovado pelo Conselho Universitário (Consu), na manhã desta quinta-feira (15). O documento, que terá vigência de dez anos, traça a filosofia e a missão da Universidade.

O PDI é o documento que identifica e norteia o que é desenvolvido em uma instituição de ensino. Diz respeito à filosofia de trabalho, à missão e às atividades acadêmicas realizadas ou pretendidas. Desta forma, serve de base para o planejamento como um todo, guiando o trabalho dos cursos, centros de ensino, departamentos e programas. Além disso, é o instrumento que o Ministério da Educação (MEC) e outros órgãos de controle utilizam para avaliar a instituição.

A construção do PDI 2016-2026 foi coordenada pela Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) e contou com a participação de alunos, professores, técnico-administrativos, gestores e comunidade externa. Sete Desafios Institucionais orientaram a elaboração do documento: internacionalização; educação inovadora e transformadora com excelência acadêmica; inclusão social; inovação, geração de conhecimento e transferência de tecnologia; modernização e desenvolvimento organizacional; desenvolvimento local, regional e nacional e gestão ambiental. Incluindo os anexos, são 441 páginas que trazem, além do plano propriamente dito, uma relação completa com todas as contribuições que foram analisadas, bem como a metodologia utilizada para elaborar o documento. O processo de construção do PDI envolveu a criação de comissões temáticas e teve a participação da comunidade que, através de formulários e da consulta pública, enviou mais de três mil respostas e sugestões.

O texto aprovado contém cinco capítulos:

Capítulo 1 - Introdução:apresentação da UFSM e resumo sobre o conteúdo do documento;

Capítulo 2 - Perfil institucional:informações gerais sobre diferentes aspectos da UFSM;

Capítulo 3 - Planejamento estratégico:planejamento estratégico da Instituição, contendo os 45 objetivos a serem alcançados pela UFSM nos próximos dez anos;

Capítulo 4 - Projeto Pedagógico Institucional:novo Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da UFSM, já aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e contendo as diretrizes das políticas de ensino, pesquisa e extensão;

Capítulo 5 - Diretrizes das políticas institucionais:conjunto de diretrizes a serem seguidas pela Instituição no que diz respeito às seguintes áreas: planejamento e avaliação; governança, controle interno e gestão de riscos; organização administrativa; gestão de pessoas; gestão orçamentária; tecnologia da informação; assistência estudantil; infraestrutura e gestão do acervo bibliográfico; gestão ambiental; inovação, empreendedorismo e transferência de tecnologia; comunicação; acessibilidade.

O documento completo pode ser acessado aqui. Vale ressaltar que o texto base pode ser alterado durante o período de vigência, conforme necessidade.

Texto: Andressa Motter, acadêmica de Jornalismo, bolsista da Agência de Notícias