Como Conduzir uma Pesquisa Científica

PorIsabella Sakis

Como Conduzir uma Pesquisa Científica

Você já ouviu um colega de curso ou professor falar que está participando ou conduzindo um projeto pesquisa? Você sabe o que eles querem dizer?

Um projeto de pesquisa é basicamente a definição do planejamento e da metodologia que vamos utilizar para conduzir uma Pesquisa Científica. Mas espera aí, o que é uma pesquisa científica?

Nesta edição do PET-Redação, estamos trazendo para você um pouquinho do mundo da Iniciação Científica, relatando o que é e como conduzir uma Pesquisa Científica, além da importância de realizar uma.

Uma pesquisa é um estudo que busca o conhecimento mais amplo sobre um determinado tema, que pode dar origem a teorias e produzir resultados. Uma pesquisa parte primeiramente de um problema de pesquisa, uma questão para qual o pesquisador deseja encontrar respostas; essa busca por respostas é realizada através de uma sequência de passos. E quais são esses passos? Bom, primeiramente é necessário definir o tema da sua pesquisa. Esse tema deve ser escolhido levando em consideração áreas de seu interesse, em que deseja abranger seus conhecimentos.

A partir da definição do tema, está na hora de começar a pôr a mão na massa: ler sobre o assunto. É a fase de Revisão de Literatura, na qual você deve buscar por livros, artigos e trabalhos sobre o tema que escolheu. Essa busca pode ser feita através de acervos digitais, onde constam publicações científicas, nas quais você pesquisará por palavras-chave relacionadas ao assunto em questão. Alguns dos principais acervos online que existem são: Elsevier, Google Scholar, ACM Digital Library e o Portal de Periódicos da CAPES, desenvolvido pelo MEC, onde alunos da UFSM têm acesso caso estejam logados no Portal do Aluno.

Após adquirir conhecimento, provavelmente você será capaz de definir um problema de pesquisa, que norteará seus próximos passos em busca de possíveis resoluções a este problema. A problemática da pesquisa deve ser formulada como uma pergunta, como por exemplo, “Como atenuar o índice de evasão dos alunos do curso de Sistemas de Informação?”.

Dessa maneira, a partir da questão norteadora da sua pesquisa, você pode elencar quais objetivos pretende atingir, e a partir deles definir o tipo de pesquisa que irá realizar. Se o intuito é medir, quantificar ou mensurar dados estatísticos então você irá realizar uma pesquisa quantitativa. Já se você busca explorar dados subjetivos, que não podem ser mensurados, realizará uma pesquisa qualitativa.

Definidos os aspectos principais da sua pesquisa, você então determinará os métodos que são necessários para o levantamento e análise dos dados que lhe darão respostas, a partir da metodologia. Essa é a fase onde você põe em prática tudo que estava até agora planejando, através de instrumentos de pesquisa (entrevistas, questionários, testes, avaliações, etc.) você fará o levantamento dos dados. Após isso, poderá organizá-los através de tabelas, por exemplo, de modo a permitir a interpretação desses dados.

E agora, o que fazer com as informações obtidas a partir da interpretação dos dados? A análise dos resultados, com discussões que podem realizar comparações entre os resultados esperados e os obtidos. A partir disso então, você estará apto para responder sua questão de pesquisa, definida no início do processo. Com todas informações coletadas e analisadas então, você concluirá seu trabalho e poderá elencar as considerações finais alcançadas com ele, como as principais contribuições e limitações do seu trabalho.

Ao finalizar um projeto de pesquisa, você pode publicar seus resultados, seja com artigos submetidos para periódicos ou eventos da área, ou em Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), Dissertações de Mestrado ou Tese de Doutorado, dependendo do contexto em que esteja incluído.

Você deve estar se perguntando: Qual a importância de realizar todo esse processo?

Primeiramente, conduzir uma pesquisa científica não é um trabalho rápido, ele exige tempo e dedicação. Se você é aluno de graduação, deve conhecer os mitos que rodeiam o “Monstro do TCC”, que aplicam medo em muitos alunos. A verdade é que se você se inserir no mundo da pesquisa desde os primeiros semestres de sua graduação, você estará, aos poucos, se preparando para esse momento tão importante e imprescindível para conclusão do curso, e ver que ele não é um bicho de sete cabeças.

Essa preparação se dá tanto por se acostumar aos procedimentos necessários, quanto por descobrir qual área você se identifica dentro da grande área que engloba seu curso. Além disso, você corre grande risco de se apaixonar por realizar pesquisa científica e só querer continuar: aperfeiçoar sua formação através de programas de pós-graduação, como especializações, mestrados e doutorados. Já pensou em ser chamado de doutor? Pois então, é um grande mérito que pode ser alcançado se você começar a se preparar desde sua graduação, não deixe para depois.

Ah, mas você que está nos semestres iniciais, pode estar se perguntando: Como eu posso fazer isso na UFSM? Simples, você deve escolher uma área e ir atrás de um professor que esteja inserido nela, propondo-lhe iniciar um projeto de pesquisa ou fazer parte de um existente. Você pode descobrir as áreas de interesse dos seus professores perguntando para os colegas de curso, mas olha que legal o portal que a UFSM publicou semana passada no seu site: UFSM PUBLICA . Nesse portal constam todos dados sobre as produções, orientações e projetos de docentes e pesquisadores, onde você pode pesquisar pelo nome dos seus professores e visualizar suas especialidades e linhas de pesquisa.

Espero que tenha gostado e que tenha se incentivado a entrar no mundo da Pesquisa Científica, os passos estão descritos brevemente, então você pode entrar em contato caso tiver dúvidas.

Feedback e publicações anteriores

Caso você tenha interesse em ler as edições anteriores do PET Redação ou conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo PET-SI não deixe de conferir nossa página. Antes de você partir gostaríamos também de pedir que você nos ajude, respondendo o formulário de avaliação abaixo. Esse formulário nos ajuda a moldar nossas atividades para melhor atender os nossos leitores.

Comentários não são aceitos para este Post!!!