Uso de jogos digitais no cuidado e atenção à crianças e adolescentes em tratamento oncológico

PorIsabella Sakis

Uso de jogos digitais no cuidado e atenção à crianças e adolescentes em tratamento oncológico

As tecnologias têm sido cada vez mais utilizadas para beneficiar a sociedade, e juntamente com o seu avanço, avança também o receio quanto ao seu uso desenfreado, principalmente agora que as crianças já nascem conectadas. A nova geração aprende a mexer em dispositivos móveis muito mais rápido que as anteriores, e normalmente têm acesso contínuo a essas tecnologias. Como soluções a esse cenário, além da limitação de acesso, também podem ser oferecidas alternativas para que as crianças utilizem esse tempo que estão conectados a seu favor.

Justamente com esse objetivo, de transmitir não só entretenimento, mas também conteúdo relevante para as crianças, estão sendo desenvolvidos cada vez mais uma categoria de jogos chamada Serious Games, que pode beneficiar áreas como educação e saúde, por exemplo. Na edição do PET Redação de hoje, vamos compartilhar com vocês uma ramificação específica e mais recente de jogos da área da saúde, que buscam auxiliar no cuidado e atenção à crianças e adolescentes em tratamento oncológico. Esses jogos têm o objetivo de ensinar, conscientizar, amenizar e auxiliar na compreensão da doença e do seu tratamento.

Explicar o que é câncer para uma criança não é uma tarefa fácil, assim como ajudar essa criança a conviver com os procedimentos no tratamento. Dessa forma, os jogos surgem como uma alternativa menos pesada a essa tarefa, e podem ser empregados de maneira lúdica e adequada à idade das crianças. No Brasil, esses jogos ainda não são muito conhecidos e difundidos pela população em geral e, por isso, trazemos para vocês uma lista dos principais jogos existentes com esse fim, um deles é brasileiro e os outros estrangeiros.

AlphaBeatCancer

logo-alphabeatcancer

O AlphaBeatCancer é um aplicativo brasileiro, desenvolvido pelo Instituto Beaba em parceria com o estúdio de jogos Mukutu, com o objetivo de explicar o que é o câncer à crianças, adolescentes e seus familiares, de maneira didática, otimista e leve, através de atividades educativas e informativas dispostas em um jogo.

O Instituto Beaba é uma entidade sem fins lucrativos, que visa desmistificar o câncer e o seu tratamento para crianças e adolescentes. O instituto possui uma cartilha, que foi o que inspirou o desenvolvimento do jogo, o Beaba do Câncer, que consiste em um guia com mais de 100 os termos e conceitos relacionados à doença.

Os objetivos do jogo compreendem auxiliar desde a detecção precoce da doença até a aceitação e compreensão dos procedimentos necessários no tratamento. Isso se deve ao fato de que, ao longo do jogo, a criança vai se familiarizar, de forma lúdica, com termos do mundo oncológico importantes para compreender seu tratamento, como hemograma, biópsia, quimioterapia, radioterapia, entre outros.

A criança atua no jogo através de um personagem: um ursinho. Esse ursinho é guiado por todas as etapas da doença: diagnóstico, exames, tratamento e consultas com médicos, psicólogos e nutricionistas. Essas etapas são distribuídas em 20 atividades no jogo, que consistem em jogos educativos. Ao final de cada etapa, são disponibilizados os conceitos da cartilha Beaba do Câncer relacionados à etapa que acabaram de concluir.  O jogo é gratuito, e pode ser instalado tanto em plataformas Android quanto iOS.

Re-mission 2

Re-mission 2 é um projeto que visa combater o câncer com a jogabilidade, desenvolvido pela Hopelab, uma organização sem fins lucrativos que busca melhorar a saúde e o bem-estar de crianças, adolescentes e jovens adultos através da tecnologia. A Hopelab se originou a partir da primeira versão do projeto Re-mission, um jogo de videogame que buscava ajudar jovens pacientes com câncer a aderir ao tratamento.

Nessa segunda versão, o projeto conta com seis jogos online, que foram projetados em colaboração com profissionais da área da saúde e jovens pacientes com câncer. O objetivo desses jogos é fornecer apoio aos pacientes e incentivar a adesão ao tratamento, ao conceder aos jogadores poder e controle para combater a doença com armas e super poderes, que são os antibióticos, as defesas naturais do corpo e os tratamentos como a quimioterapia e a radioterapia.

Os seis jogos que compõem o Re-mission 2 são os seguintes:

  • Nanobot’s Revenge: Nesse jogo, o jogador é um nanobot, um robô projetado para destruir o câncer, que tem o poder de atacar com quimioterapia as forças cancerígenas, disparando tratamentos em direção a um tumor em crescimento, para evitar que ele se espalhe para a corrente sanguínea. Esse jogo e é o único jogo da coletânea que também está disponível para Android e iOS.
  • Stem Cell Defender: Neste, o jogador também é um nanobot, mas que dessa vez deve proteger os glóbulos brancos de uma invasão de bactérias. O nanobot deve cultivar células boas para combater uma infecção bacteriana, através de bombas de antibióticos.
  • Nano Dropbot: Nesse jogo, as células cancerígenas mantêm as células saudáveis em cativeiro, e os jogadores devem destruir o câncer e resgatar essas células saudáveis, como nanobots armados com bombas de quimioterapia.
  • Leukemia: Esse jogo mostra uma mutação na medula óssea do corpo do Monstro da Leucemia, e os jogadores devem destruir o câncer salvando os glóbulos brancos.
  • Feeding Frenzy: Esse jogo permite que os jogadores explorem o corpo humano para devorar as bactérias e células cancerígenas para derrotar o câncer e infecções através de glóbulos brancos ou quimioterápicos.
  • Special Ops: Esse é um jogo bônus, que é desbloqueado somente após jogar pelo menos 5 níveis de cada um dos outros jogos. Nele, os jogadores destroem vermes cancerígenos que invadem o corpo.

 

Beat Cancer

 

O Beat Cancer se assemelha aos jogos do Re-mission 2 e também traz uma batalha contra o câncer através do combate às células malignas, impedindo que elas se espalhem pela corrente sanguínea. Os jogadores se deparam com uma jogabilidade simples e contam um arsenal para se livrar das células. Esse jogo é gratuito, e pode ser instalado somente em plataformas Android.

 

 

 

Tumour Takedown

 

Nesse jogo, os jogadores podem assumir o papel de um cientista e pesquisar sobre o câncer. Para isso, é possível construir um tumor virtual e encontrar a melhor maneira de destruí-lo, estando dentre as opções os tratamentos mais recentes contra o câncer. Esse jogo é inteiramente educacional, e ensina como os tumores são compostos por diferentes tipos de células, e que podem ser benignos ou malignos. Além disso, traz através do jogo os conceitos sobre como os tratamentos contra o câncer podem se aproveitar do sistema imunológico para combatê-lo. Este aplicativo é gratuito e pode ser baixado para Android e iOS.

 

 

 

 

 

 

Outros aplicativos

Além dos jogos expostos até agora, que buscam oferecer conhecimento e apoio à crianças e adolescentes em tratamento oncológico, existem também aplicativos direcionados à crianças e adolescentes que têm algum familiar com o diagnóstico da doença. Esses aplicativos também são importantes nesse ramo, pois ofertam conteúdos adequados à sua idade, tratando o assunto de forma mais leve e otimista.

Camp Quality – Kids Guide to Cancer

Kids Guide to Cancer é um aplicativo desenvolvido pela Camp Quality, uma instituição de caridade para câncer infantil, sem fins lucrativos, da Austrália, que acredita que todas crianças afetadas pelo câncer, seja seu próprio diagnóstico ou o diagnóstico de alguém que amam, devem ter todas as oportunidades de prosperar.

Dessa maneira, o Kids Guide to Cancer foi desenvolvido, com o objetivo de suportar crianças que tenham alguém na família em tratamento oncológico, buscando responder as perguntas mais comuns que as crianças têm sobre a doença. O aplicativo guia as crianças através da exposição de diversos conceitos relacionados ao câncer, hospitais, medicamentos e tratamento, de maneira interativa e adequada à sua idade, incluindo definições escritas e histórias animadas que promovem o apoio e a compreensão. Esse jogo é gratuito e está disponível tanto para Android quanto para iOS.

 

Magic Tree for Breast Cancer

O Magic Tree for Breast Cancer é um aplicativo destinado à crianças cuja mãe tem câncer de mama, que busca oferecer uma visão geral sobre o câncer de mama e os principais tratamentos que podem ser aplicados, como a quimioterapia, radiação e cirurgia. Para explicar a doença de uma forma apropriada, são oferecidos vídeos animados, informações textuais e jogos.

Assim, além dos vídeos com as informações gerais sobre o câncer e seu tratamento, o aplicativo conta com quatro jogos educativos, um glossário com termos importantes, um guia de discussão para os pais e uma lista de recursos de apoio e organizações de câncer de mama para as famílias.

O aplicativo dispõe de uma árvore mágica, e a cada vez que a criança assiste um vídeo ou joga um jogo, recebe uma decoração para a sua árvore. Através desses vídeos e jogos, procura-se enfatizar que o câncer da mãe não é culpa da criança, e as incentiva a fazer mais perguntas sobre a doença. Este aplicativo está disponível para instalação tanto em plataformas Android quanto iOS.

 

Considerações finais

Infelizmente, a maioria dos jogos encontrados e expostos aqui nessa lista não estão disponíveis em português, mas alguns deles, como o Re-mission 2, são bem acessíveis quanto a língua, visto que o jogo é mais visual, e somente a compreensão de alguns termos são necessários para entender.

Espera-se que esse tema, ainda recente no nosso país, influencie os desenvolvedores brasileiros a criarem jogos que auxiliem as crianças e adolescentes em tratamento oncológico, e que em um futuro breve as crianças possam contar com mais aplicativos em sua língua. No entanto, não podemos desmerecer o único jogo nacional da nossa lista, o AlphaBeatCancer, que apresenta extrema qualidade nas informações e interações dispostas no jogo, e tem sua importância reconhecida através de diversos prêmios, tanto nacionais quanto internacionais.

Além disso, não só os jogos específicos para esse tema podem auxiliar no cuidado e atenção de crianças e adolescentes em tratamento oncológico. Outros jogos educativos, que pretendem estimular o desenvolvimento e raciocínio lógico de crianças e adolescentes, podem ser empregados nesse contexto como ferramentas de aprendizagem e entretenimento.

Essa foi mais uma edição do nosso PET Redação, que buscou informar nossos leitores um pouco sobre o mundo dos jogos educativos, demonstrando que podemos utilizar as tecnologias e dispositivos móveis como nossos aliados, seja para estimular a educação, o raciocínio lógico ou a conscientização de assuntos importantes. Esperamos que tenha gostado, qualquer dúvida, entre em contato conosco.

 

Feedback e publicações anteriores

Caso você tenha interesse em ler as edições anteriores do PET Redação ou conhecer um pouco mais sobre o trabalho desenvolvido pelo PET-SI não deixe de conferir nossa página. Antes de você partir gostaríamos também de pedir que você nos ajude, respondendo o formulário de avaliação abaixo. Esse formulário nos ajuda a moldar nossas atividades para melhor atender os nossos leitores.

Comentários não são aceitos para este Post!!!