Interfaces com a educação básica - ppgop

Professores e alunos do programa participam de um programa de extensão denominado “Alfabetização Financeira em Escolas Públicas: melhorando conhecimento, comportamento e atitude financeira dos estudantes”. Este programa tem como objetivo geral melhorar o nível de alfabetização financeira de alunos de escolas públicas na cidade de Santa Maria. Para isso, como objetivos específicos tem-se: (i) avaliar o nível atual de alfabetização financeira dos alunos de escolas públicas; (ii) oferecer um curso básico de alfabetização financeira para esses alunos; e (iii) avaliar o nível de alfabetização financeira após o curso oferecido aos participantes.

O programa tem como público-alvo alunos do Ensino Fundamental de escolas públicas. No ano de 2015 e 2016 foram atendidos 502 jovens, alunos de sexta, sétima e oitava séries, de três escolas públicas de Santa Maria.

O programa é dividido em três etapas. A primeira etapa envolve a avaliação do nível de alfabetização financeira dos alunos das escolas selecionadas, sendo que o instrumento de avaliação utilizado é um questionário. A alfabetização financeira é avaliada por meio de três fatores: atitude financeira, comportamento financeiro e educação financeira. Para avaliar estes fatores utiliza-se um questionário que possui questões de perfil e de conhecimentos financeiros.

A segunda etapa do projeto consiste em uma aula, lecionada por alunos e professores integrantes do. Para as aulas foram formulados uma cartilha e slides com os seguintes tópicos: história do dinheiro, tipos de moedas, compras, cartões de crédito e débito, crédito, consumo consciente, necessidade e desejos, dívida, planejamento de gastos, orçamento, valor do dinheiro no tempo, juros simples e composto, poupar, risco, perigo e oportunidade. Ambos possuem características ilustrativas e dinâmicas, pois, levou-se em consideração a faixa etária dos alunos em questão, jovens de idade entre 11 a 17 anos. Ao final da aula desenvolve-se um jogo, o qual foi nomeado pelo projeto de, “Pense e Ganhe”. A aplicação do jogo tem como objetivo fixar ainda mais os conhecimentos expostos, onde os alunos que respondem corretamente as questões ganham pontos para seu grupo e posteriormente o grupo vencedor ganhava prêmios.

Já na terceira etapa, avalia-se a evolução do nível de conhecimento por parte dos alunos das escolas após o curso. Para isto, os alunos responderem novamente um questionário, o qual possui as mesmas questões de conhecimentos financeiros do questionário respondido da primeira etapa.

A avaliação do programa por parte dos diretores das escolas foi extremamente positiva, gerando novas demandas para o ano de 2017. O programa foi objeto de entrevistas pela assessoria de comunicação da UFSM, divulgando o programa no site da universidade e gerando novos contatos de escolas da região interessadas em receber o projeto. Assim, a previsão para o ano de 2017 é atingir em torno de 1000 alunos das escolas públicas de ensino fundamental da região.

No ano de 2017 docentes e discentes do PPGOP está participando de ações no programa de Educação Fiscal promovido pela Prefeitura de Santa Maria (http://www.santamaria.rs.gov.br/educacaofiscal).