Histórico do Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos

Em 2011 foi proposto o Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos, sendo o mesmo implantado através do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), na Universidade Federal de Santa Maria. O Curso dará destaque especial aos processos da indústria petroquímica, biocombustíveis, polímeros, papel, carvão e carboquímica e indústrias de processos em geral, com ênfase para o controle de qualidade de tais processos.

A formação de tecnólogos na área de processos químicos com vistas a aperfeiçoar e adequar os métodos analíticos envolvidos no controle de qualidade de matérias-primas e produtos acabados e no planejamento e gerenciamento de análises laboratoriais é de suma importância, pois permite o desenvolvimento da indústria nacional, na busca da qualidade e sustentabilidade, permitindo a obtenção de produtos com maior valor agregado.

A afirmação do Brasil no cenário mundial como uma das novas potências econômicas exigirá que os diversos segmentos da nossa indústria (celulose, papel, têxtil, polímeros, cerâmicas, petróleo e petroquímica, entre outras) tornem-se competitivos e invistam no controle de qualidade de seus produtos para que estes atraiam os consumidores dos diferentes países. Entretanto, a falta de mão de obra qualificada é uma das grandes lacunas para que o país possa avançar. Neste sentido, o objetivo do presente curso é formar mão de obra qualificada para suprir demandas específicas no controle de processos químicos e da qualidade de seus produtos. O curso, em função da alta velocidade de produção e de circulação de informações e conhecimento, visa suprir o mercado de trabalho com profissionais altamente capacitados e com conhecimento em técnicas modernas e atualizadas para controle de qualidade processos industriais e de seus produtos.

Habilitação do Curso:

Tecnológica

 

O PROFISSIONAL

De acordo com o artigo 3o da Resolução Normativa no 198 de 17 de dezembro de 2004 do Conselho Federal de Química, o Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos constitui-se numa das modalidades do campo da Química, devendo os profissionais egressos deste curso (www.cfq.org.br/rn/RN198.htm, acessado 06 de janeiro de 2010), registrar-se em conselhos de química.

RECONHECIMENTO DO CURSO

O Curso é reconhecido pela Portaria n. 496/2015/MEC, publicada no DOU, de 30/06/2015.

Além disso, de acordo com os processos CFQ nº 17505/12, do Conselho Fedral de Química, e CRQ nº 42512/12, do Conselho Regional de Química (ver despacho), fica estabelecido que seão concedidas as atribuições de 01 a 13, de acordo com a RN 36/74, aos profissionais egressos do curso.