A formação de especialista em Clínica de Grandes Animais - com ênfase em ruminantes e ênfase em equinos tem a finalidade de desenvolver competências para a aquisição de conhecimentos, aperfeiçoamento de habilidades e desenvolvimento de atitudes, indispensáveis a uma melhor qualidade no exercício profissional, orientados pela integração entre ensino-pesquisa-extensão.

Plano de Estudos

Programa de Residência em Área Profissional da Saúde
Código da disciplina Nome da disciplina Tipo Carga Horária Créditos
EFM 851 POLÍTICAS PÚBLICA S DE SAÚDE Currículo Curso 45 03
MVP847 METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Currículo Curso 30 02
MVP814 ZOONOSES Currículo Curso 30 02
CPA877 SEMINÁRIO DE PREPARAÇÃO DP TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Currículo Curso 15 01
CPA890 TÓPICOS BÁSICOS E AVANÇADOS EM CLÍNICA DE RUMINANTES E EQUINOS Currículo Curso 45 03
CPA889 ATIVIDADES PRÁTICAS EM CLÍNICAS DE GRANDES ANIMAIS: ÊNFASE EM RUMINANTES E ÊNFASE EM EQUINOS-CGA Currículo Curso 2304 154
CGA888 ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS EM CLÍNICA DE GRANDES ANIMAIS: ÊNFASE EM RUMINANTES E ÊNFASE EM EQUINOS-CGA Currículo Curso 291 120
CPA893 SEMINÁRIOS AMPLIADOS DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO PRAPS/MV-I Currículo Curso 45 03
MVP848 ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS EM INTERFACE COM A SAÚDE I Currículo Curso 60 04
CPA881 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Currículo Curso 120 08
CGA890 ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS EM CLÍNICA DE RUMINANTES Currículo Curso 351 24
CPA905 SEMINÁRIOS AMPLIADOS DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO PRAPS/MV-II Currículo Curso 45 03
MVP 850 ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS EM INTERFACE COM A SAÚDE II Currículo Curso 60 04
CGA892 ATIVIDADES PRÁTICAS EM CLÍNICA DE RUMINANTES Currículo Curso 2304 154

 

Objetivos:
Medicina Veterinária com ênfase em Clínica de Ruminantes

  • Elaborar ações a partir de levantamento de dados epidemiológicos e diagnósticos situacionais a fim de nortear as políticas públicas, contribuindo na melhoria da qualidade dos serviços em saúde;
  • Promover programas de educação sanitária por meio de: palestras educativas na comunidade e na mídia (TV, jornal, folders, banners, Internet, rádio, dentre outros);
  • Avaliar a qualidade e riscos nos serviços de saúde, abrangendo os aspectos ambientais e de biossegurança, vinculados na área de atuação do Médico Veterinário;
  • Elaborar programas de educação sanitária visando o controle e prevenção de doenças nutricionais, metabólicas, infecciosas, parasitárias e aquelas de caráter zoonótico, dos ruminantes domésticos (bovinos, caprinos e ovinos), reduzindo o seu impacto na saúde desses animais e na saúde pública;
  • Produzir diagnósticos mediante exame semiológico dos ruminantes, avaliando não só o animal (s), bem como o ambiente em que os mesmos estão alojados, a alimentação ofertada e a ocorrência de doenças com potencial zoonótico.
  • Realizar análises de riscos químicos, físicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, bem como propor um programa de educação em biossegurança aplicados aos locais de atuação prática do residente;
  • Auxiliar no diagnosticar de doenças que acometem ruminantes e podem causar grande impacto na saúde pública;
  • Tratar os animais enfermos para que os mesmos possam, através da sua plena saúde, expressar o seu potencial de trabalho e produção.
  • Coletar e acondicionar amostras biológicas dos animais enfermos, atendendo os preceitos de riscos biológicos;
  • Orientar a comunidade quantos ao correto consumo de alimentos de origem animal (bovinos, ovinos e caprinos), a fim de evitar as zoonoses;
  • Produzir diagnósticos laboratoriais e laudos técnicos na área de Clínica de Ruminantes.
  • Orientar proprietários e profissionais a respeito dos riscos das doenças com potencial zoonótico, principalmente aquelas que acometem os ruminantes.
  • Realizar exames laboratoriais preliminares como: hemograma completo, dosagem de proteínas totais e albumina, exame parasitológico de fezes nos ruminantes com vistas ao auxílio de diagnóstico de doenças.
  • Efetuar coleta de amostras biológicas e enviar para laboratórios ligados a Medicina Veterinária Preventiva para que sejam realizados exames parasitológicos, tais como: coproparasitológicos, coproculturas, raspados de pele e pelos, biocarrapaticidogramas, testes de eficácia de antiparasitários, determinação da resistência parasitárias de ecto e endoparasitas e análises sorológicas.
  • Orientar os proprietários quanto aos métodos e meios de contenção dos ruminantes evitando acidentes com os animais e com os proprietários, bem como na comunidade em geral.
  • Orientar a comunidade quanto à necessidade da posse responsável dos animais;
  • Auxiliar os outros residentes de programas como o de Patologia Clínica e Medicina Veterinária Preventiva a coletar amostras biológicas de Ruminantes.
  • Propor, juntamente com os residentes da área da Medicina Veterinária Preventiva, um calendário sanitário (vacinal e de controle parasitológico), auxiliar na administração de vacinas e vermífugos, bem como orientar a comunidade quanto aos benefícios desta prática a saúde animal e, consequentemente, a saúde humana.

Medicina Veterinária em Clínica de Grandes Animais: ênfase em Equinos

  • Definir ações a partir de levantamento de dados epidemiológicos e diagnósticos situacionais a fim de nortear as políticas públicas, contribuindo na melhoria da qualidade dos serviços em saúde;
  • Realizar programas de educação sanitária por meio de: palestras educativas na comunidade e na mídia (TV, jornal, folders, banners, Internet, rádio, dentre outros);
  • Avaliar a qualidade e riscos nos serviços de saúde, abrangendo os aspectos ambientais e de biossegurança, vinculados na área de atuação do Médico Veterinário;
  • Elaborar programas de educação sanitária visando o controle e prevenção de doenças metabólicas, nutricionais, infecciosas, parasitárias e de caracter zoonótico dos equinos, reduzindo o seu impacto na saúde animal e, consequentemente, na saúde pública;
  • Produzir diagnósticos mediante exame semiológico dos equinos, avaliando não só o animal (s), bem como o ambiente em que os mesmos estão alojados, a alimentação ofertada e a ocorrência de doenças com potencial zoonótico.
  • Realizar análises de riscos químicos, físicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, bem como propor um programa de educação em biossegurança aplicados aos locais de atuação prática do residente;
  • Auxiliar no diagnosticar de doenças que acometem equinos e que podem causar grande impacto na saúde pública;
  • Tratar os animais enfermos para que os mesmos possam, através da sua plena saúde, expressar o seu potencial de trabalho e produção, bem como para evitar o risco de transmissão de doenças com potencial zoonótico.
  • Orientar os proprietários que utilizam os equinos como meio de transporte (cavalo de carroceiros) acerca dos cuidados a serem empregados na criação desses animais, para promover bem-estar e segurança ao animal, bem como reduzir o risco de transmissão de doenças.
  • Coletar e acondicionar amostras biológicas dos animais enfermos, atendendo os preceitos de riscos biológicos;
  • Produzir diagnósticos laboratoriais e laudos técnicos na área de Clínica de Grandes Animais: ênfase em Equinos.
  • Orientar comunidade em geral e profissionais a respeito dos riscos das doenças com potencial zoonótico, principalmente aquelas que acometem os equinos.
  • Realizar exames laboratoriais preliminares como: hemograma completo, dosagem de proteínas totais e albumina e exame parasitológico de fezes para avaliar a saúde dos animais.
  • Efetuar coleta de amostras biológicas e enviar para laboratórios ligados a Medicina Veterinária Preventida para que sejam realizados exames, tais como: coproparasitológicos, coproculturas, raspados de pele e pelos, biocarrapaticidogramas, testes de eficácia de antiparasitários, determinação da resistência parasitárias de ecto e endoparasitas, análises sorológicas para detecção de vírus, testes para detecção de bactérias (soro, plasma e secreções)
  • Orientar os proprietários quanto aos adequados métodos e meios de contenção de equinos evitando acidentes com os animais e com os proprietários, bem como na comunidade em geral.
  • Orientar a comunidade quanto à necessidade da posse responsável dos animais;
  • Auxiliar os outros residentes de outros programas, como da Patologia Clínica e da Medicina Veterinária Preventiva a coletar amostras biológicas de Equinos.
  • Propor, juntamente com os residentes da área da Medicina Veterinária um calendário sanitário (vacinal e de controle parasitológico), auxiliar na administração de vacinas e vermífugos, bem como orientar a comunidade quanto aos benefícios desta pratica a saúde animal e humana.