PRODUÇÃO DE SILAGEM: ATIVIDADE DE EXTENSÃO DESENVOLVIDA JUNTO AO ASSENTAMENTO SÃO MARCOS, EM SÃO BORJA – RS

Naymã Pinto Dias, Wolnei Castro de Oliveira Júnior, Vagner Portes Guesser, Alessandra Pletsch, Bruna Canabarro Pozzebon, Bruno Dias de Campos, Caroline Farias Barreto, Juliano de Bastos Pazini, Jean Carlos Frezinghelli, Jéssica Avila de Abreu, Laura Possani, Luana da Silva Cadore, Luciana Pinto Paim, Renan Ricardo Zandoná, Vinícius Santos Dias, Alexandre Russini, Renata Silva Canuto de Pinho, Luciana Zago Ethur

Resumo


Os assentamentos necessitam de assistência técnica qualificada para que as famílias possam desenvolver práticas agrícolas e se consolidarem como agricultores familiares, porém essa assistência não deve vir de Universidades. A extensão rural desenvolvida pelas Instituições de Ensino não deve ser assistencialista, porque dessa forma estar-se-á suprimindo o trabalho de profissionais de áreas específicas e liberando o governo de sua responsabilidade com as famílias nos assentamentos. Portanto, o trabalho de extensão rural com os assentamentos deve ser executado por Universidades e outras Instituições de Ensino sempre norteado pelo crescimento e ganho de conhecimento mútuo. Desta forma, a proposta do grupo de acadêmicos e docentes do Curso de Agronomia da UNIPAMPA foi pesquisar; organizar e apresentar uma palestra para a comunidade, abrangendo aspectos técnicos e práticos relacionados à produção de silagem; a fim de auxiliar na promoção do fortalecimento da agricultura familiar no assentamento da comunidade de São Marcos, em São Borja - RS. Foi apresentada palestra referente à produção de silagem que abordou diversos aspectos teóricos, técnicos e práticos sobre o assunto. Posteriormente, ocorreram questionamentos e reflexões sobre todos os procedimentos para a produção de silagem. A atividade de extensão alcançou o objetivo proposto, pois os agricultores familiares realizaram a produção de silagem que é fundamental para a alimentação bovina em épocas que não existe pastagem disponível. A ação de extensão, de acordo com o que se preconiza na relação Universidade x Comunidade atingiu o seu objetivo, pois foi considerada relevante e construtiva tanto para os agricultores familiares do assentamento da localidade de São Marcos quanto para os acadêmicos e docentes do Curso de Agronomia da UNIPAMPA.

Texto completo:

PDF


ISSN Eletrônico: 2179-4588




© Centro de Ciências Naturais e Exatas


acessos desde 21/04/2009



Logotipo do IBICT