PE comemora Dia Nacional do Livro na UFSM

CompartilheFacebookTwitterGoogle+tumblrPinterestEmail

O Dia Nacional do Livro é comemorado em 29 de outubro, dia em que, no ano de 1810, a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, acarretando a fundação da Biblioteca Nacional. A data tem o objetivo de estimular a reflexão sobre a importância da leitura, bem como a valorização deste hábito tão fundamental para nossa formação intelectual e criativa.

Dinah Ribeiro junto de Efigênia Rolim, personagem da mais recente obra da autora

Dinah Ribeiro junto de Efigênia Rolim, personagem da mais recente obra da autora

Em comemoração à data, o curso de Comunicação Social – Produção Editorial da UFSM promove palestra nesta terça-feira, dia 29. A convidada é Dinah Ribas Pinheiro, uma das jornalistas brasileiras mais renomadas na área cultural, que trabalhou em vários veículos da capital paranaense e foi assessora de Comunicação da Fundação Cultural de Curitiba e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Professora universitária, co-autora de livro Jornalismo Cultural Um Resgate (2007) e autora do livro A viagem de Efigênia Rolim nas asas do Peixe Voador (2012), Pinheiro contará um pouco sobre o processo de produção desta última obra. A atividade será promovida  no auditório do prédio 67, no campus da Universidade, às 14h. 

A viagem de Efigênia Rolim nas asas do Peixe Voador narra a história da artista popular Efigênia Rolim e resgata desde o período da infância humilde da artista, momento em que teve o primeiro contato com a confecção de brinquedos de papel, devido às dificuldades financeiras da família, até os tempos atuais. Pertencente à paisagem cultural curitibana, Efigênia iniciou seu trabalho artístico muito antes do que se denominou responsabilidade social e sustentabilidade. Ao utilizar material reciclável, ela confecciona trajes, bonecas, animais e figuras simbólicas. Efigênia também escreveu inúmeros livros de poesia e é contadora de histórias, todas de sua autoria. A notoriedade da artista alcançou âmbito nacional. Ela foi reconhecida e agraciada por diversos prêmios culturais brasileiros. Entre eles, destacam-se o Prêmio Culturas Populares recebido em 2007, e, em 2008, foi condecorada com a Ordem do Mérito Cultural, ambos concedidos pelo Ministério da Cultura.

O livro de Dinah Ribas Pinheiro tem 180 páginas, cuidadoso projeto gráfico de Mauricio Mortton e fotos exclusivas de Lina Faria.

O evento também comemora  o reconhecimento do curso de Comunicação social – Produção Editorial pelo INEP (MEC), com conceito 4 (Muito Bom).

CompartilheFacebookTwitterGoogle+tumblrPinterestEmail
468 ad