Apresentação

III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE POLITICAS PÚBLICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E SUPERIOR
IX SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL

O III Seminário Internacional de Políticas Públicas da Educação Básica e Superior e a IX Semana acadêmica do curso de Especialização em Gestão Educacional da Universidade Federal de Santa Maria, programados para acontecer no período de 16 a 18 de junho de 2015, configuram-se como eventos integrados acerca do tema geral “PERSPECTIVAS EPISTEMOLÓGICAS DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA”.

Os eventos são destinados ao público constituído por estudantes de graduação e de pós-graduação, professores e técnicos da educação básica e superior, bem como demais interessados na temática.

Ambos eventos convergem na construção do debate teórico-prático que realizam alguns investigadores acerca da compreensão e fortalecimento das pesquisas nesse campo do conhecimento. Destaca-se que as discussões sobre diferentes perspectivas epistemológicas podem vir a contribuir para fortalecer o campo da investigação em políticas educacionais, assim como contribuir para que o público alvo [re]construa, [re]signifique e aprofunde seus conhecimentos acerca dos aspectos teóricos e práticos entrelaçados às políticas públicas e o cenário educacional.

O III Seminário Internacional de Políticas Públicas da Educação Básica e Superior, em sua segunda edição, se constitui ação integrada do Projeto do Observatório de Educação (OBEDUC) vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), proposto a partir dos estudos do Grupo de Pesquisa Elos e da linha de pesquisa Práticas Escolares e Políticas Públicas/LP2. Objetiva-se com o OBEDUC, identificar e analisar os limites e as possibilidades das ações pedagógicas no contexto da gestão educacional, a partir dos impactos, impasses e desafios enfrentados pelos sistemas e respectivas instituições no contexto de implementação e interferência das políticas públicas educacionais nas reformas regionais e locais realizadas a partir do processo de interlocução entre Educação Básica e Superior. A IX Semana Acadêmica do Curso de Especialização em Gestão Educacional da Universidade Federal de Santa Maria, objetiva fomentar a formação continuada dos profissionais da educação através da socialização e produção de conhecimentos pertinentes ao campo da gestão educacional, no que diz respeito a análise político-pedagógica do sistema educacional brasileiro a partir das políticas públicas e seus aspectos epistemológicos.

Assim sendo, com a realização dos referidos eventos, que se constituem integrados, espera-se a ampliação e fortalecimento da interlocução entre a Educação Básica e a Educação Superior, na perspectiva de potencializar elementos para a [re]construção de conhecimentos inter-relacionados aos aspectos epistemológicos das políticas educativas no que diz respeito às suas dimensões teórico-práticas, bem como na abertura de novos caminhos e perspectivas para o desenvolvimento de políticas públicas educacionais. Essa integração vai muito além das reflexões que cerceiam os espaços escolar e universitário, implica, antes de tudo, criar possibilidades de se analisar questões e desafios considerados fundamentais no âmbito das políticas educativas e, consequentemente, da gestão educacional, em face às demandas que a educação enfrenta no contexto de uma sociedade em transformação. Compreender significativamente a relação sociedade e educação, é ir além do contexto micro educacional, o que sugere uma análise mais profunda de seus elementos epistemológicos inter-relacionados a aspectos culturais, econômicos, históricos e políticos.

Objetivo Geral

Promover espaços de discussões acerca das perspectivas epistemológicas das políticas públicas e seus aspectos teórico-metodológicos inter-relacionados aos processos de gestão da educação.

Objetivos Específicos

Discutir acerca dos pressupostos epistemológicos que fundam as políticas educativas e suas relações com os processos de gestão educacional e escolar.

Problematizar as decorrências das políticas públicas nos processos de gestão democrática, considerando a implementação dos programas educacionais e interlocução entre educação básica e educação superior.

Aprofundar laços de parceria e cooperação entre Universidades, Redes e Sistemas de Ensino, na perspectiva de intensificar estudos e ações relacionados à produção do conhecimento na educação básica e superior.