Regras para utilização do miniauditório 1203 (Sala Geraldo Maissiat)

1.    Verifique a disponibilidade de horários na agenda.
2.    Para agendar a reserva envie um e-mail para Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. , informando a finalidade,Siape, e o telefone para contato.
3.    O miniauditório não é sala de aula, a reserva para este fim deverá ter a necessidade justificada por e-mail.
4.    As reuniões do conselho do centro têm prioridade sobre as demais atividades.
5.    Os equipamentos não podem ser retirados da sala.
6.    O usuário deve deixar a sala nas mesmas condições que encontrou, com a mesa e as cadeiras organizadas e o quadro apagado.
7.    Caso o usuário usar o computador pessoal, ao sair deixar os cabos conectados.
8.    Ao sair verifique se as janelas estão fechadas, os condicionadores de ar e o computador estão desligados.
9.    A chave deverá ser retirada e entregue na portaria do prédio.

Para reservar envie um e-mail para: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Acesse a agenda.

 


Homenagem a Geraldo Maissiat

No dia 26 de abril de 2013, foi descerrada a placa que designa o nome de Geraldo Maissiat à sala 1203, do Conselho do Centro de Artes e Letras, no prédio 40, da UFSM.
Geraldo Massiat nasceu e estudou piano em Santa Maria, porém morava em Porto Alegre quando, em novembro de 1962, recebeu um telefonema do então fundador da UFSM, José Mariano da Rocha Filho, para criar o Curso de Música embrião da Faculdade de Belas Artes.
Maissiat permaneceu na UFSM até meados de 1974 e organizou o primeiro vestibular para o Curso de Música, em 1963. O professor contou também com o apoio de outros docentes para fundar o curso, nomes como: Glória de Lourdes Chagas, Débora Katz e Magali Dorffmann.
Além de fundar o Curso de Música e a antiga Faculdade de Belas Artes, Maissiat contribuiu para a fundação da Associação Cultural de Santa Maria. A Associação promovia atividades musicais para a comunidade, com participações dos acadêmicos, realizando seus recitais com os professores locais e convidados estrangeiros. A partir disso, formou-se o quarteto de cordas que deu origem à Orquestra.
Maissiat deixou de ser diretor da Faculdade, mas continuou sendo professor, transferindo-se, posteriormente, para a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde se aposentou.
Por incentivar a cultura musical na cidade e o acesso à cultura na comunidade, e ainda fundar o Curso de Música da UFSM, a homenagem de nomear a sala 1203 no CAL foi a maneira de manter vivo o nome e ressaltar o legado que Geraldo Maissiat deixou para a Universidade e para a população de Santa Maria.